Zircônia, você sabe o que é?

Nós amamos acessórios, não conseguimos resistir a um novo modelo de brinco, anel ou corrente. Quando são com pedras então! Pedras grandes, pequenas, coloridas e de diversos formatos, é sempre amor à primeira vista, quase impossível resistir! Então, para ajudar a decidir na hora da compra, a comparação de preços e qualidade das peças entra na jogada. Você já parou para pensar por que acessórios muitas vezes tão parecidos apresentam preços diferentes? A resposta pode estar na pedra utilizada. Vamos entender um pouco melhor sobre o assunto?

R&M Luxury SemiJoias

Outro nome que, se você gosta de semijoias, já deve ter escutado por ai. Mas você sabe o que é zircônia? A pedra de zircônia pode ser encontrada na natureza ou criada artificialmente em laboratório. Essa segunda opção é chamada de zircônia cúbica e é nela que estamos interessadas.
Zircônia cúbica é uma gema sintética que imita o diamante, porém com um custo muito menor (em média sessenta reais por quilate). Ela apresenta um brilho muito parecido ao do diamante e devido a isto, o substitui em diversos acessórios. Sua cor é Branca (transparente), mas pode ser tingida em diversas outras cores.
Ela pode ser molhada sem perder brilho. E por ser quase tão resistente quanto o diamante, também pode ser cravejada nas peças, apresentando maior durabilidade. Caso uma zircônia “escureça” é provavelmente acúmulo de resíduo entre a peça e a pedra. E pode ser limpa com o produto adequado, devolvendo o brilho original à semijoia.

Como Escolher Semijoias Elegantes para Revender?

Para quem deseja uma independência financeira, a revenda de semijoias é um ramo que dá muito lucro. Para garantir o sucesso, escolher semijoias elegantes é essencial. Entender como escolher as peças mais desejadas pode parecer complicado, mas com algumas dicas você consegue!
O sucesso na revenda de semijoias virá a partir da oferta de bons itens aos clientes. Um mostruário elegante e muito bonito, por exemplo, ajudará você a potencializar seus lucros. Então, confira como escolher semijoias elegantes para revender.

Escolha peças delicadas

Peças delicadas são muito relacionadas à elegância, por isso, se você busca revender semijoias, invista nos itens que têm uma maior delicadeza. Ótimos exemplos são as correntes mais finas, os pingentes com detalhes, os brincos menores, etc.
Além disso, as semijoias banhadas em ouro com pedras também são muito desejadas. Elas trazem sofisticação ao look, o que atrai muitas clientes!

Invista em diferentes modelos de semijoias

Não busque apenas a elegância nas peças simples: busque também ter em seu mostruário diverso, com lindas peças diferentes umas das outras, que se destaquem e demonstrem a qualidade dos seus produtos. Afinal, você está mostrando sua vitrine!
Escolha diversos anéis, pulseiras, correntes, pingentes, braceletes, tornozeleiras, entre outras peças, que contenham alguma pedra colorida, desenhos diferentes, etc.

Ofereça conjuntos de semijoias

A elegância também está presente nas combinações ornamentadas e clássicas. Por isso, criar kits de semijoias atrairá muitas clientes. Para começar, você pode unir brincos e colares que sejam parecidos, mas também é legal ousar e escolher peças com pedras coloridas.
Tente unir colares e pulseiras, diferentes anéis como os de falange, etc. Lembre-se: para atrair suas clientes, não basta ter apenas semijoias elegantes, mas é importante montar um mostruário atraente, trazendo uma boa impressão com belíssimas e delicadas semijoias de toque único.
E então, viu só como é simples escolher boas peças para revender? Siga as tendências da moda, saiba o que deixar à mostra para suas clientes e escolha peças personalizadas. Não se esqueça de manter o contato com diferentes tipos de clientes.

Como Vender Mais a Apresentação Importa

Primeiro de tudo, conjunto social, de preferência de terno e levar luvas brancas em um saquinho para usar na hora da apresentação do material (isso vai depois o momento mais especial para o cliente),

 

Brevemente exaltando a linha R&M mostrando que nós só trabalhos com uma linha de luxo de alta qualidade, usando a peça dentro da caixa original da R&M você vai abri-la com as luvas e convidar o cliente para um momento especial.

 

Use as luvas e já ajudando a colocar a peça na cliente perto do espelho, e tenha conhecimento da peça, e importante também ter alguns conhecimentos a mais, para puxar assunto sobre a peça, como dizer que por ser uma peça cravejado e dizendo algumas curiosidades para deixar o cliente ainda mais fascinado com aquela peça, como dizer q a zircônia tem mais brilho que um diamante ou dando em detalhes a diferença dos milésimos daquela peça e para outras do mercado e porque isso é importante, isso vai deixar seu cliente mais confiante do que está comprando e com quem está comprando.

Deixe o cliente se gostar, de tempo para ele aproveitar aquele momento tire fotos para o cliente se ver e se gostar usando a peça e cada momento que você faz com ele, ele vai querer ficar cada vez mais com aquela peça e ter mais momento como aquele

05 Dicas Infalíveis para Aumentar as Vendas das Suas Semijoias

05 Dicas Infalíveis para Aumentar as Vendas das Suas Semijoias

Aumentar as vendas e bater metas é um grande desafio para as revendedoras de semijoias. Porém, muitos obstáculos podem atrapalhar você na hora de alcançar essas metas.

Atualmente, os clientes estão buscando produtos na Internet, através de lojas virtuais e buscando muitas informações antes de efetuar a compra.

Dessa maneira, as vendas porta a porta precisam se adaptar a este novo comportamento. São diversos desafios que as revendedoras têm de enfrentar na sua rotina.

Para atingir os objetivos, bater metas e aumentar as vendas, as revendedoras precisam de uma reflexão e um levantamento sobre como estão trabalhando para isso. Não adianta ficar sempre utilizando o mesmo método de vendas.

Uma revendedora de sucesso deve procurar sempre aperfeiçoar o seu atendimento, alavancando as vendas e otimizando o seu tempo.

Qual revendedora não gostaria da receita de sucesso para aumentar as vendas e aumentar o número de clientes?

Preparamos 05 dicas infalíveis para você poder aumentar as suas vendas e se tornar uma revendedora de sucesso! Quer saber quais são? Leia o artigo e não tenha mais dúvidas!

Conheça Seu Produto

Os consumidores estão cada vez mais bem informados sobre tudo, principalmente quando estão procurando por algum produto! Não seria diferente com o que você oferece!

Os clientes estão atentos às novidades do mercado e já realizaram pesquisas sobre o seu produto.

Por isso, estude e tenha bastante conhecimento e domínio na hora de oferecer o seu produto. Experimente o produto para você poder falar sobre sua experiência com ele, assim os clientes terão a certeza de que você entende e domina o assunto.

Tenha Entusiasmo

Ao realizar uma visita a um cliente ou receber um telefonema, busque tratar todos com muita alegria e receptividade.

Não há nada mais desestimulante para um cliente que um atendimento ruim. Busque ter uma experiência bacana com o cliente

. Não foque apenas na venda, foque no relacionamento. Esteja focada no atendimento, sempre dando o seu melhor.

Tenha em mente que o cliente pode não fechar a compra dessa vez, mas lembrará de você positivamente quando precisar do seu produto e entrará em contato.

Trabalhe o Marketing Pessoal 

Trabalhar o Marketing Pessoal é um grande diferencial para revendedoras. É uma ferramenta que pode parecer simples, mas pode ser um dos principais fatores para que você se torne uma revendedora de sucesso!

Ser pontual, vestir-se adequadamente e saber portar-se diante do público são algumas atitudes que contribuem para o Marketing Pessoal positivo.

Além disso, você pode trabalhar seu perfil nas Redes Sociais e ganhar a simpatia da sua clientela. É importante estar presente no meio digital, seus clientes precisam te encontrar quando procuram algo.

Dessa maneira, o Marketing Pessoal é um grande aliado para aumentar as vendas.

Diferencie-se para Aumentar as Vendas

Busque algo para ser diferente!

Você pode resgatar uma característica pessoal sua que possa fazer a diferença na hora de vender.

Por exemplo, se você é conhecida por ser simpática, procure sempre demonstrar isso aos seus clientes. Se você sabe negociar, ofereça isso como diferencial.

Algumas outras ações também podem fazer a diferença nas suas vendas. Ofereça sempre mais aos seus clientes. Crie estratégias de fidelização, como compre 2 e leve 3, cartão-presente, por exemplo.

 

 

Atendimento ao Cliente: Como Lidar com Consumidoras Difíceis?

Atendimento ao cliente: Como lidar com consumidoras difíceis?

As pessoas são muito diferentes entre si e, consequentemente, isso se reflete no comércio.

O ato de compra e venda de semijoias desperta as emoções de clientes e vendedoras, pois envolve um objeto desejado e o dinheiro a ser investido nele. Por isso, podem ocorrer conflitos no atendimento ao cliente.

Quando a consumidora tem um perfil mais difícil de lidar, a vendedora precisa estar preparada para entendê-la e tentar conduzir a situação da melhor maneira possível para atender a necessidade da mesma. Mas, como fazer isso?

Para ajudar, explicamos mais sobre as consumidoras complexas e as táticas para atendê-las!

Categorias de consumidoras difíceis

É comum acreditar que todas as consumidoras difíceis são iguais. Porém, não é verdade. São diversos os tipos de clientes difíceis que você pode encontrar.

E é importante saber disso, para entender melhor o que se passa na cabeça de cada uma delas. Assim, você foca seu esforço em agradá-la nas táticas corretas.

Indecisa

Esse é, provavelmente, o tipo mais comum no dia a dia de quem trabalha com vendas. Ela é aquela mulher que gosta muito de um produto, mas, ao mesmo tempo, se apaixona por outro também.

 Quando você pensa que concretizará duas transações ela desiste, pois, começa a se questionar sobre a real necessidade que tem das peças.

Essa indecisão pode tomar quase uma hora do seu esforço e acabar com resultado negativo.

Crítica

A crítica é a cliente que olha os seus produtos com cuidado, sempre buscando algum defeito para apontar.

 Ela costuma discordar da maioria das suas informações e opiniões, deixando a vendedora sem saída. A motivação das consumidoras críticas costuma ser o excesso de vaidade ou a vontade de barganhar um desconto.

Nervosa

Um dos sinais de uma cliente nervosa é quando ela já chega até você de mau-humor.

 Você já deve ter atendido aquelas clientes que não te cumprimentam com “bom dia” e respondem às suas investidas com comentários nada agradáveis.

 Esse é tipo que pode dar mais trabalho no atendimento, pois há grande possibilidade de induzirem uma discussão ou conflito.

Táticas de atendimento ao cliente difícil

As táticas de uma boa vendedora são diversas e funcionam muito bem com a maioria das clientes.

 Porém, quando o assunto são as consumidoras difíceis, é preciso ir um pouco mais fundo nas questões comportamentais.

Saber como elas pensam e por que agem assim é fundamental para atendê-las da melhor maneira e realizar a venda.

1. Escute com atenção!

Para encontrar a raiz do problema da cliente difícil, não há nada mais eficaz do que ouvir. Você conhece um ditado popular que fala sobre um bom motivo para termos dois ouvidos e apenas uma boca? Pois, siga essa proporção para atender as consumidoras.

E, se tratando das indecisas, críticas e nervosas, redobre a atenção quando elas falarem e ao responder.

2. Seja simpática, mas não pressione!

As clientes difíceis devem ser tratadas com a mesma simpatia que as demais, obviamente.

No entanto, há algo muito importante a se atentar: dosar bem as reações. Se posicionar muito próximo, falar demais ou alto, e não demonstrar confiança podem ser grandes erros com essas consumidoras.

 Isso porque, se elas se sentirem pressionadas, podem reagir mal.

3. Tenha paciência!

Trabalhe a sua respiração, mantendo-se calma, ainda que a cliente esteja alterada ou que a venda pareça perdida.

 Uma boa vendedora não pode transparecer o seu nervosismo, ainda mais no caso de consumidoras difíceis.

 Por isso, exercite a paciência sempre falando baixo, repetindo as informações que ela pedir e escutando as suas necessidades e opiniões.

4. Jamais brigue com a consumidora!

Por vezes, ainda que você escute a cliente e tente fazer todas as suas vontades, ela não fica satisfeita. Independente se for do semelhante à indecisa, crítica ou nervosa, ela pode ficar exaltada.

 O segredo aqui é jamais brigar com a consumidora. Deixe-a falar, diga que entende o seu ponto de vista e que a respeita.

Benefícios de aplicar as táticas!

As táticas para lidar com as clientes difíceis têm como benefício mais óbvio a gestão daquele atendimento.

 Porém, há outras vantagens que surgem a médio prazo e podem ser essenciais na sua carreira de vendedora.

As consumidoras que têm essas dificuldades na hora de comprar não estão habituadas a encontrar quem saiba lidar com elas.

 Logo, quando se deparam com você, uma vendedora que aprendeu as táticas de atendimento a clientes difíceis, se encantam. Ou seja, você fideliza elas.

E, além de conquistar esse público complexo, você trabalha seu lado mais paciente e estrategista. Isso a torna uma vendedora melhor, a cada dia. Afinal, não é para qualquer uma driblar as dificuldades de atender consumidoras indecisas, críticas ou nervosas.

Aprender a lidar com consumidoras difíceis exige muito esforço e interesse. No entanto, o benefício é se tornar uma profissional completa na área de vendas.

 Não deixe que esse obstáculo te desestabilize! E, agora, que você conhece as melhores técnicas para riscar esse problema da sua lista, coloque em prática, agora mesmo, todas elas!

 

QRCODE o Novo Sistema de Garantia Das Semijoias 100% Online

Conheça neste video como funciona o sistema de garantia das Semijoias da R&M usando a tecnologia QRCODE integrado ao sistema das revendedoras.

Você sabia que quando um revendedor realiza uma venda para você, no momento da venda o sistema cria uma chave especifica para sua semijoia e também um painel de controle onde com seu CPF você vai ter acesso exclusivo, podendo ver todas suas compras, quanto tempo de garantia sua semijoia possui entre outras opções.

Cuidados com semijoias: conheça as principais dicas de conservação!

Todas as mulheres gostam e querem ter acessórios com cara de novos, certo? Assim como no caso das joias, é preciso ter cuidados com semijoias para impedir que elas fiquem com aquele aspecto de desgaste, cheias de riscos e sem cor. Inclusive, é importante que as revendedoras saibam disso e passem o conhecimento para as clientes, pois essa atitude demonstra que há preocupação com o pós-venda das peças.

Quer saber que cuidados são esses para manter os acessórios impecáveis por mais tempo? Então, confira as nossas dicas de como cuidar das semijoias corretamente!

Principais cuidados com semijoias no dia a dia

Os cuidados com semijoias fazem toda a diferença para preservar as características que elas apresentavam quando foram compradas. Acompanhe conosco os principais!

Guarde as peças com capricho

Essa dica serve para evitar que as peças fiquem com marcas de desgaste e arranhadas sem serem usadas. Muitas vezes, esses acessórios podem sofrer deterioração por conta da má conservação. E não é isso que você quer, não é mesmo?

O atrito com outras semijoias, correntes emboladas e deixadas em locais úmidos e que pegam poeira são algumas das causas para elas ficarem parecendo velhas, mesmo sem uso. Por esse motivo, procure um lugar adequado para armazenar os itens.

Primeiramente, esse local deve ser limpo e seco. Além disso, você precisa mantê-lo organizado para evitar os problemas citados acima. Pode ser uma gaveta ou um porta-joias, por exemplo, e se for um acessório mais delicado, conserve-o em um compartimento fechado ou na embalagem original.

Separe os tipos de semijoias

Após encontrar um bom local para guardar as peças, também é preciso ter cuidado ao dispô-las. Um erro é colocá-las de qualquer jeito em um porta-joias, por exemplo, pois elas podem se emaranhar a ponto de as superfícies se tocarem e agredirem o metal, o que pode descascá-las.

O ideal é separar as semijoias em nichos únicos, sem deixar os colares junto a anéis ou brincos, por exemplo. Portanto, separe seus acessórios por categorias e evite que fiquem amontoados. Quanto maior a organização, maior a durabilidade.

Evite contato das peças com a água

Ao contrário das joias, as semijoias podem oxidar em contato com a água, fator que tornará seu uso inviável. Ou seja, é possível que elas percam a cor e o brilho ou fiquem com aquelas manchinhas esverdeadas. Por isso, preste atenção às orientações abaixo:

  • evite usar os acessórios no banho ou ao lavar as mãos;
  • certifique-se de estar com o corpo seco ao utilizar as peças e, após o uso, armazene-as longe de locais úmidos;
  • caso você transpire, lembre-se de limpar bem a semijoia antes de guardá-la novamente.

Faça da flanela a sua aliada

A flanela é altamente indicada para fazer a limpeza das peças, pois sua superfície mais suave remove a sujeira de maneira delicada e sem ocasionar riscos. Dessa forma, tenha uma sempre por perto para lustrar as semijoias.

Uma boa dica é passar o paninho nos acessórios assim que terminar de usá-los. Com esse cuidado simples, você observará a transformação deles quase que instantaneamente após realizar o procedimento.

Utilize sabão neutro para a limpeza

Não tem jeito, muitas vezes, as peças podem ficar sujas de modo que apenas a flanela não conseguirá realizar uma boa limpeza. Nesse caso, é recomendável que as semijoias sejam limpas em água corrente e, de preferência, com sabão neutro, para evitar que agentes químicos de limpeza causem danos.

Nesse processo, enxágue bem os acessórios e verifique se não há resquícios de produto. Em seguida, você pode enxugar com um pano seco e utilizar a flanela para realizar o acabamento.

Tome cuidado com perfumes e cremes hidratantes

Usar perfumes e cremes hidratantes por cima das semijoias pode reduzir bastante a vida útil delas e deixá-las sem brilho e oxidadas muito antes do esperado. É que esses produtos têm diversas substâncias que, quando entram em contato com as peças, contribuem para a oxidação dos banhos e deterioração das camadas.

Então, seque cuidadosamente o seu corpo após o banho, passe seus hidratantes e perfumes, espere secar bem e, só então, coloque suas semijoias. Elas não vão estragar, e você vai preservá-las intactas por muito mais tempo.

Não use semijoias ao praticar atividades físicas

Quando gostamos muito de um acessório, queremos usá-lo em todos os lugares. Tem hora que até esquecemos que ele está no nosso corpo, não é verdade? Com isso, é comum que a pessoa pratique esportes ou vá à academia usando suas peças favoritas. No entanto, um dos cuidados com semijoias mais básicos é tirá-las antes de se exercitar.

Um dos motivos é que o suor contém sais e outras substâncias que levam a peça a se deteriorar mais rapidamente. Outra razão é que você pode acabar amassando ou riscando seus acessórios ao pegar alguns pesos, ou segurar equipamentos esportivos. Sem contar que existe o risco de se prenderem em algo e acabarem arrebentando.

Evite usar as peças na praia

Por mais que saibamos que você quer estar incrível na praia ou em uma deliciosa tarde na piscina, não é indicado usar suas semijoias nessas ocasiões. O cloro e a água do mar podem fazer com que os acessórios estraguem em pouco tempo, principalmente porque você passará muito tempo com eles.

Além desses fatores, podemos somar o suor, os produtos bronzeadores e o atrito com a areia. Com tudo isso, um único dia de sol pode custar a integridade do item (dependendo de qual seja). Portanto, é melhor deixar as peças em casa antes de ir à praia ou à piscina.

Viu como são simples os cuidados com semijoias para mantê-las com a aparência de novas por mais tempo? Agora, coloque em prática as dicas que aprendeu aqui e não deixe de repassar as informações para as suas clientes. A tendência é que a confiança delas em você aumente, pois vão notar que seu interesse não é apenas em vender mais peças.

E aí, gostou das informações? Então, compartilhe o texto nas suas redes sociais e mostre que você está por dentro dos principais cuidados com os produtos!

O que é COVID-19 – Série ajuda as Revendedoras

O que é COVID-19

Os coronavírus são uma grande família de vírus comuns em muitas espécies diferentes de animais, incluindo camelos, gado, gatos e morcegos. Raramente, os coronavírus que infectam animais podem infectar pessoas, como exemplo do MERS-CoV e SARS-CoV. Recentemente, em dezembro de 2019, houve a transmissão de um novo coronavírus (SARS-CoV-2), o qual foi identificado em Wuhan na China e causou a COVID-19, sendo em seguida disseminada e transmitida pessoa a pessoa.

A COVID-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a maioria (cerca de 80%) dos pacientes com COVID-19 podem ser assintomáticos ou oligossintomáticos (poucos sintomas), e aproximadamente 20% dos casos detectados requer atendimento hospitalar por apresentarem dificuldade respiratória, dos quais aproximadamente 5% podem necessitar de suporte ventilatório.

 

Quais são os sintomas

Os sintomas da COVID-19 podem variar de um resfriado, a uma Síndrome Gripal-SG (presença de um quadro respiratório agudo, caracterizado por, pelo menos dois dos seguintes sintomas: sensação febril ou febre associada a dor de garganta, dor de cabeça, tosse, coriza) até uma pneumonia severa. Sendo os sintomas mais comuns:

  • Tosse
  • Febre
  • Coriza
  • Dor de garganta
  • Dificuldade para respirar
  • Perda de olfato (anosmia)
  • Alteração do paladar (ageusia)
  • Distúrbios gastrintestinais (náuseas/vômitos/diarreia)
  • Cansaço (astenia)
  • Diminuição do apetite (hiporexia)
  • Dispnéia ( falta de ar)

 

Como é transmitido

A transmissão acontece de uma pessoa doente para outra ou por contato próximo por meio de:

  • Toque do aperto de mão contaminadas;
  • Gotículas de saliva;
  • Espirro;
  • Tosse;
  • Catarro;
  • Objetos ou superfícies contaminadas, como celulares, mesas, talheres, maçanetas, brinquedos, teclados de computador etc.

 

Diagnóstico

O diagnóstico da COVID-19 pode ser realizado a partir de critérios como:

1 – DIAGNÓSTICO CLÍNICO é realizado pelo médico atendente, que deve avaliar a possibilidade da doença, principalmente, em pacientes com a associação dos seguintes sinais e sintomas:

  • Febre, que pode estar presente no momento do exame clínico ou referida pelo paciente (sensação febril) de ocorrência recente.
  • Sintomas do trato respiratório (por exemplo, tosse, dispneia, coriza, dor de garganta)
  •  Outros sintomas consistentes incluindo, mialgias, distúrbios gastrointestinais (diarreia/náuseas/vômitos), perda ou diminuição do olfato (anosmia) ou perda ou diminuição do paladar (ageusia).

Em crianças, além dos itens anteriores, considera-se também a obstrução nasal, a desidratação e a  falta de apetite (inapetência), na ausência de outro diagnóstico específico.
Em idosos, deve-se considerar também, critérios específicos de agravamento como: síncope (desmaio ou perda temporária de consciência), confusão mental, sonolência excessiva, irritabilidade e falta de apetite (inapetência).
O diagnóstico clínico da doença, também deve ser considerado em pacientes com doença grave do trato respiratório inferior sem causa clara, como é o caso de pacientes que se apresentem em Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Nesta síndrome o indivíduo apresenta-se em franca dispneia/desconforto respiratório/dificuldade para respirar com saturação de oxigênio (O2) menor do que 95% em ar ambiente ou coloração azulada dos lábios ou rosto (cianose) ou queixa de pressão persistente no tórax.
Em crianças, a SRAG apresenta-se com os sinais e sintomas anteriores, devendo ser observados sinais característicos de esforço respiratório, tais como,  os batimentos de asa de nariz, tiragem intercostal, e, por fim, alteração na coloração das extremidades que ficam azuladas (cianose).

2 – O DIAGNÓSTICO CLÍNICO-EPIDEMIOLÓGICO é realizado pelo médico atendente no qual considera-se:

  • casos de paciente com a associação dos sinais e sintomas supracitados ou SRAG MAIS histórico de contato próximo ou domiciliar, nos últimos 14 dias antes do aparecimento dos sintomas, com caso confirmado laboratorialmente para COVID-19 e para o qual não foi possível realizar a investigação laboratorial específica.

3 – DIAGNÓSTICO CLÍNICO-IMAGEM:

  • caso de sintomas respiratório mais febre ou SRAG ou óbito por SRAG que não foi possível confirmar ou descartar por critério laboratorial E que apresente alterações tomográficas.

4 – DIAGNÓSTICO LABORATORIAL – Caso o paciente apresente os sintomas respiratórios mais febre ou SRAG. O profissional de saúde poderá solicitar os seguintes exames laboratoriais:

  • De biologia molecular, (RT-PCR em tempo real) que diagnostica tanto a COVID-19, a Influenza ou a presença de Vírus Sincicial Respiratório (VSR) normalmente até o oitavo dia de início de sintomas.
  • Imunológico, que detecta, ou não, a presença de anticorpos em amostras coletadas a partir do oitavo dia de início dos sintomas. Sendo eles:
  • Ensaio imunoenzimático (Enzyme-Linked Immunosorbent Assay – ELISA);
  • Imunocromatografia (teste rápido) para detecção de anticorpos;
  • Imunoensaio por Eletroquimioluminescência (ECLIA).
  • Pesquisa de antígenos: resultado reagente para SARS-CoV-2 pelo método de Imunocromatografia para detecção de antígeno.

5 – DIAGNÓSTICO LABORATORIAL EM INDIVÍDUO ASSINTOMÁTICO (pessoa sem sintomas) que realizou:

  • Exame de Biologia Molecular com resultado DETECTÁVEL para SARS-CoV-2 realizado pelo método RT-PCR em tempo real.
  • Exame de Imunológico com resultado REAGENTE para IgM e/ou IgA realizado pelos seguintes métodos:  Ensaio imunoenzimático (ELISA) e Imunocromatografia (teste rápido) para detecção de anticorpos.

 

Como se proteger

As recomendações de prevenção à COVID-19 são as seguintes:

  • Lave com frequência as mãos até a altura dos punhos, com água e sabão, ou então higienize com álcool em gel 70%. Essa frequência deve ser ampliada quando estiver em algum ambiente público (ambientes de trabalho, prédios e instalações comerciais, etc), quando utilizar estrutura de transporte público ou tocar superfícies e objetos de uso compartilhado.
  • Ao tossir ou espirrar, cubra nariz e boca com lenço ou com a parte interna do cotovelo.
    Não tocar olhos, nariz, boca ou a máscara de proteção fácil com as mãos não higienizadas.
    Se tocar olhos, nariz, boca ou a máscara, higienize sempre as mãos como já indicado.
  • Mantenha distância mínima de 1 (um) metro entre pessoas em lugares públicos e de convívio social. Evite abraços, beijos e apertos de mãos. Adote um comportamento amigável sem contato físico, mas sempre com um sorriso no rosto.
  • Higienize com frequência o celular, brinquedos das crianças e outro objetos que são utilizados com frequência.
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal como talheres, toalhas, pratos e copos.
  • Mantenha os ambientes limpos e bem ventilados.
  • Evite circulação desnecessária nas ruas, estádios, teatros, shoppings, shows, cinemas e igrejas.
  • Se estiver doente, evite contato próximo com outras pessoas, principalmente idosos e doentes crônicos, busque orientação pelos canais on-line disponibilizados pelo SUS ou atendimento nos serviços de saúde e siga as recomendações do profissional de saúde.
  • Durma bem e tenha uma alimentação saudável.
  • Recomenda-se a utilização de máscaras em todos os ambientes.  As máscaras de tecido (caseiras/artesanais), não são Equipamentos de Proteção Individual (EPI), mas podem funcionar como uma barreira física, em especial contra a saída de gotículas potencialmente contaminadas.

Como Fazer a Abordagem de Vendas para Semijoias?

E sabe o que é ainda melhor?
É que agora é a hora de se animar, pois os números indicam que o ramo de semijoias que já está aquecido, promete pegar fogo ainda esse ano!
Uma pesquisa realizada pela IBGM – Instituto Brasileiro de Gemas e Materiais preciosos aponta que o Brasil está entre os 15 maiores consumidores de semijoias e que para esse ano é esperada uma movimentação de cerca de 6% no crescimento do faturamento.
Agora responda rápido:

  • Você está preparada para lucrar sobre essa oportunidade?
  • Você tem a “pegada” para realizar todas as vendas que estarão por vir?

Porque se ainda está em dúvida, não há mais tempo a perder, essa é a hora de investir no mercado que não para de crescer e você pode se tornar uma referência em revenda de semijoias da R&M!
O tempo voa e o show não pode parar diz a música!
Então que tal ir direto ao ponto e aprender algumas técnicas de abordagem que irão facilitar ainda mais o fechamento das suas vendas e o aumento dos lucros na revenda de semijoias!
Fique de olhos bem abertos e anote as dicas!

1.  Encante com o marketing Pessoal

           Como fazer a abordagem de vendas para semijoias?
Você pode pensar: “Mas como isso está relacionado a abordagem de vendas? ”
Pois podemos garantir que muito!
Antes de comprar as suas semijoias sua cliente compra você!
Você é a principal vitrine de vendas e deve ser vista de maneira positiva, é importante despertar confiança e transmitir afinidade, faça com que sua cliente queira usar as semijoias assim como você!

2.  A abordagem perfeita!

            Como fazer a abordagem de vendas para semijoias?
A primeira dica é: mostre a sua presença, deixe que a sua cliente perceba que você está interessada nas necessidades dela de se sentir mais bonita, mais jovem, mais arrasadora.
Uma técnica infalível para vender semijoias é a da semelhança!
Isso mesmo, coloque-se na mesma sintonia que sua cliente para que ela se sinta à vontade.
Mas como é isso na prática?
Por exemplo, ao atender uma cliente mais tímida, com a voz mais baixa e movimentos mais acanhados, aproxime o seu jeito de agir ao dela, sintonize o seu tom de voz, faça movimentos menores e lembre-se de manter contato visual!
Agora se está atendendo uma cliente mais expansiva, engraçada… harmonize suas ações com a dela, você verá que esse segredo traz resultados surpreendentes!

3.  Crie e mantenha um diálogo de vendas

Para novos e melhorados resultados são necessários atitudes diferentes e se houver erros no percurso, sempre aprenda com eles, use-os de alavanca para crescer profissionalmente.
Aquela pergunta, posso ajudar?… Hun… Acredite, não é uma boa ideia, pois já tem resposta:
Hoje vou apenas dar uma olhadinha!
Isso serve também para a revenda de semijoias, mantenha sempre um diálogo de venda com a sua cliente, faça perguntas que deixem brecha para continuar o papo… dessa forma você vai estabelecendo uma relação com a pessoa que irá comprar.
Você pode usar por exemplo: Está procurando algo especial?
É um presente? Ou para você mesma?
O que você acha desse modelo?
Todas as perguntas dão oportunidade para continuar a conversa e realizar a venda!

4.  Finalize sua venda com qualidade!

Bem depois de se apresentar, abordar, criar um diálogo de vendas, chegou a hora de realizar a venda!
Para isso a dica é:
Mantenha sempre àdisposição real e a intenção de entregar sempre o melhor para sua cliente.
Busque a melhor solução para o que ela precise e se você não tiver, apresente alternativas, entenda exatamente o que ela precisa, algumas vezes a própria cliente ainda não sabe o que quer e você com sua sensibilidade e conhecimento mais uma vez pode ajudar!
E lembre-se sempre, uma venda com qualidade é aquela que beneficia tanto quem compra como quem vende!
Sucesso e boas vendas!
COMECE A FAZER DINHEIRO AGORA MESMO!

Como Anunciar seu Link Indicação no Google ADS: O Passo a Passo Completo do Adwords

Olá leitores da R&M Luxury!

Se você é cliente R&M tanto vendendo as semijoias quanto em investimentos, em algum momento já deve ter pensado em formas de aumentar a visibilidade do seu link de indicação ou seus produtos. Você já deve ter efetuado para si mesmo, o seguinte questionamento: “como divulgar?”. Por esse motivo, no artigo de hoje mostraremos a você como o trabalho com links patrocinados poderá ajudá-lo a alavancar seus negócios na “internet”. Continue lendo este artigo para saber mais sobre como anunciar no Google ADS, otimizar suas campanhas e atingir o sucesso, utilizando o Google AdWords.

O que é Google AdWords?

O Google Adwords é um sistema que permite você criar campanhas de anúncios, investindo uma quantidade de dinheiro para fazer o seu site se destacar nos resultados de busca. Anunciar no Google é uma das maneiras mais eficientes de se obter resultados a curto prazo e de descobrir o que é ou não relevante para a sua audiência.

Toda vez que alguém faz uma pesquisa no Google, dois tipos de resultados aparecem: os resultados orgânicos e os resultados pagos (também conhecidos como links patrocinados). Hoje, nosso foco é mostrar a você as vantagens do AdWords:

  • Segmentação: seus anúncios aparecem para as pessoas certas e no momento certo. Só verão seus anúncios, pessoas que estiverem procurando por algo parecido com ele;
  • Mensuração: você consegue medir o impacto real da sua campanha, podendo editar seus anúncios ao longo do tempo;
  • Disponibilidade: o que permite você rodar novos anúncios em poucos minutos. Ou seja, é simples e rápido;
  • Controle da mensagem: você escolhe como quer falar com seu público, pois é você quem redige o texto do anúncio que vai aparecer no Google;

Todos esses pontos citados acima, você consegue manusear através do AdWords. É muito importante acompanhar as métricas diariamente, identificar o que funciona e o que não funciona para otimizar suas campanhas.

Formatos para Anunciar no Google

Existem basicamente duas formas de se anunciar no Google, através da rede de pesquisa e da rede de display. Os anúncios voltados para a rede de pesquisa aparecem na tela em que o usuário visualiza os resultados da busca que ele fez.

Na rede de pesquisa, podemos escolher para quais palavras-chave buscadas no Google, nossos anúncios aparecerão. Além disso, podemos escolher também para qual página de nosso site o usuário será redirecionado ao clicar no resultado. Por isso, é de suma importância pensar na experiência do usuário, ou seja, você precisa levá-lo até uma página de destino que seja condizente com o anúncio que ele clicou. Em outras palavras, ofereça ao seu usuário exatamente aquilo que ele está procurando.

Nessa fase de criação do anúncio, é importante utilizar textos que chamem atenção do usuário, fazendo com que ele clique no seu anúncio e não no do concorrente.

Palavras-chave

Palavras Chaves seu Anuncio

Criar sua campanha no AdWords

Ao criar sua campanha no AdWords, você escolherá uma lista de palavras-chave para vincular seus anúncios a ela. A partir daí, o Google tentará exibir seu anúncio toda vez que alguém fizer uma busca por alguma das palavras-chave da sua lista. Nós utilizamos o termo “tentará exibir”, pois para que o seu anúncio seja exibido, existe um leilão que disputará com outros anunciantes.

Como Construir uma Lista de Palavras-chave

As principais dicas nessa etapa são:

  • Faça uma lista básica, com pelo menos 10 palavras-chave;
  • Procure utilizar palavras-chave que combinem 2 ou 3 termos, como por exemplo: carros usados ou carros usados sp. Pois, se você utilizar palavras-chave de um termo só, como por exemplo carros, sua busca ficará muito abrangente, ou seja, alguém que esteja buscando sobre carros de brinquedo, poderia ver o seu anúncio;
  • Não repita palavras-chave;

Correspondência de Palavras-chave

Existem cinco tipos de correspondências, que vão desde uma abrangência mais ampla, até uma abrangência mais restrita:

  • Correspondência ampla: é o tipo padrão, ou seja, assim que você adiciona uma palavra-chave em sua lista, ela entra na correspondência ampla. Por exemplo, se você anunciar para o termo carros usados, pode ser que o Google exiba seu anúncio para buscas relacionadas, tais como: comprar carros ou carros antigos;
  • Correspondência ampla modificada: esse modelo também aciona variações da palavra-chave da lista, porém, são variações bem próximas, como plurais, erros de ortografia, abreviações, diminutivos, aumentativos, etc. Para aplicar essa correspondência você deve utilizar o símbolo de “+” antes dos termos, por exemplo: +carros +usados. Assim, quem buscar por carro usado também verá o seu anúncio.
  • Correspondência de frase: aciona o seu anúncio quando o termo buscado contém a palavra-chave original. Nesse modelo, devemos usar a palavra-chave entre àspas, por exemplo “carros usados”. Dessa forma, quem buscar por comprar carros usados, verá seu anúncio. Mas, se alguém buscar por carros fiat usados, já não verá. Em outras palavras, esse modelo permite termos antes ou depois da palavra-chave.

Uma aplicação importante pode ser exemplificada com as palavras rede de segurança e segurança de rede, a primeira delas trata do material utilizado para se instalar em janelas e varandas, por exemplo, enquanto que a segunda fala sobre redes de computadores. Sendo assim, se você atua com um desses dois segmentos, precisa fazer uso da correspondência de frase, para evitar cliques que não irão gerar conversão.

  • Correspondência exata: esse modelo somente exibirá o seu anúncio se o usuário buscar exatamente pela palavra-chave. Para usar essa correspondência, basta incluir a palavra-chave entre colchetes. Exemplo: [carros usados]

A correspondência exata é um recurso de grande valia para termos que geram ambiguidade. Por exemplo, a palavra-chave RPG. Aqui, temos pessoas buscando por exercícios de RPG e pessoas buscando pelos jogos de RPG, que são assuntos completamente diferentes. Nesse caso, se você trabalha com reeducação postural global (RPG), deve fazer uso de palavras-chave do tipo [clínica de RPG], [onde fazer RPG], [RPG benefícios] e por aí vai. O mesmo vale para quem tem um site que fale sobre jogos de RPG. Em ambos os casos, você precisa especificar melhor a palavra-chave, adicionando um termo que caracterize o seu serviço, evitando assim cliques que não trarão resultado ou conversão.

  • Correspondência negativa: o uso desse recurso, permite você evitar que seu anúncio apareça para termos amplos que não fazem sentido para o seu negócio. Por exemplo, se você utilizar a palavra-chave carros usados na correspondência ampla, pode ser que o seu anúncio apareça para a busca carros 0km. Porém, no seu negócio você não trabalha com carros novos, apenas com usados. Sendo assim, o AdWords permite você negativar termos, basta apenas utilizar o sinal de menos antes do termo. Exemplo: -0km

O uso da correspondência negativa é muito importante para aumentar o CTR do seu anúncio. CTR nada mais é do que a taxa de conversão que o seu anúncio teve. Por exemplo, se o seu anúncio teve 1000 impressões e 4 cliques, o CTR dele é de 4%. Ou seja, para encontrar o CTR, basta dividir o número de cliques pelo número de impressões.

Com tantos tipos de correspondências, o ideal é não misturar o uso delas, para evitar problemas. Por exemplo, se você utilizar a mesma palavra-chave no modo de correspondência ampla e no modo de correspondência exata, o primeiro modo prevalecerá sobre o segundo.

Anúncios – Rede de Pesquisa

Depois de cobrirmos os pontos mais importantes sobre palavras-chave, vamos continuar nosso artigo falando sobre a anatomia dos anúncios na rede de pesquisa. Basicamente, o anúncio é formado por um título, uma URL e até duas linhas de descrição. Confira os detalhes:

  • Título: no título, podemos fazer uso de até 25 caracteres e não podemos utilizar o sinal de exclamação;
  • URL: na URL, podemos escrever um pouco mais, fazendo uso de 35 caracteres. Vale dizer que o endereço que aparece na URL do anúncio pode ser diferente da URL de destino. No anúncio, o campo destinado à URL é apenas para mostrar uma URL de visualização. Ela precisa ser amigável, bem apresentada, ter o domínio do seu site, mas não precisa ser a URL real.
  • Descrição: a descrição do anúncio é dividida em duas linhas, sendo que podemos fazer uso de até 35 caracteres em cada uma dessas linhas. Esse é o espaço que você irá utilizar para passar a mensagem ao seu usuário.

Você deve ter reparado que o número de caracteres que você pode utilizar em cada um dos componentes do seu anúncio, é bem limitado. Por isso, seja criativo na hora de escrever e faça uso de técnicas de copywriting para convencer o internauta a clicar no seu anúncio e não no do concorrente. Além da criatividade, é bom se atentar a outros pontos na hora de anunciar no Google:

  • Escreva bem e sem erros de português;
  • Faça uso do call to action, ou seja, peça ao seu usuário que ele faça uma ação. Para fazer isso, lance mão de palavras como: confira, aproveite, compre, faça um orçamento, etc;
  • Coloque-se no lugar de quem faz a busca, mostre a ele somente resultados relevantes e que de fato são interessantes e condizentes com a busca realizada. Se possível, use no texto do anúncio a palavra-chave que foi buscada, a fim de que o usuário identifique-se melhor com o seu resultado;
  • Mostre ao internauta as vantagens que o seu produto ou negócio oferecem. Pode ser no preço, condições de pagamento, qualidade, exclusividade. Em linhas gerais, utilize o título e a descrição para mostrar os benefícios;

Ainda sobre anúncios, é bom mencionar que você pode utilizar extensões em seus anúncios, incluindo informações sobre o local do seu negócio, o número do seu telefone e sitelinks que permitem você oferecer, em um mesmo anúncio, mais do que apenas uma página de destino para o usuário. Com as extensões seus anúncios ficarão muito mais poderosos!

Páginas de Destino

A combinação de boas palavras-chave e anúncios chamativos não são tudo para se criar uma ótima experiência para o usuário. Precisamos trabalhar bem as páginas de destino, que são as páginas em que os usuários serão redirecionados quando clicarem em seus anúncios. É fundamental que a sua página de destino ofereça exatamente o que o usuário espera encontrar.

Por exemplo, se você fez um anúncio sobre o carro Tucson usado, o internauta espera ver modelos de Tucson usados. Em outras palavras, ele não vai ficar nem um pouco contente se não encontrar o que espera. Portanto, guarde isso, quando você utiliza páginas de destino com assuntos diferentes do que foi anunciado, você paga da mesma forma pelo clique e ainda corre o risco do cliente deixar seu site após poucos segundos de navegação.

Dicas Práticas para Elaborar uma Boa Página de Destino

  • Explique detalhadamente o seu produto ou serviço;
  • Ilustre a página com imagens e vídeos, deixando-a mais agradável e informativa;
  • Utilize blocos de textos curtos e objetivos. Facilite a leitura do usuário;
  • Tenha um call to action bem posicionado;
  • Explore e explique as principais vantagens e diferenciais do seu produto ou serviço;
  • Se possível, utilize depoimentos reais de pessoas que já foram ou ainda são seus clientes;
  • Tenha uma página de destino responsiva, que se adapte bem em qualquer computador, celular ou tablet;

Políticas do AdWords

São muitas as regras que você deve observar antes de se anunciar no Google. Em linhas gerais, o que mais importa mesmo é pensar na boa experiência do usuário. Por isso, tudo que é escrito no anúncio deve ser condizente ao que ele encontrará na página de destino, além disso atente-se para os seguintes pontos:

  • Não utilize palavras inteiras em caixa alta ou pontos de exclamação nos títulos dos anúncios;
  • Também não é permitido utilizar múltiplos sinais de exclamação na descrição dos anúncios;
  • A expressão “Clique aqui” também não pode ser utilizada;

Anúncios – Rede de Display

Com a rede de display do Google, é possível atingir clientes potenciais que nem sabem ainda da existência da sua empresa ou negócio. Com ela, seus anúncios aparecem em sites, blogs, YouTube, Gmail, entre outros.

A rede de display do Google trabalha com segmentação contextual, ou seja, seu anúncio é exibido de acordo com o contexto. Isso significa que o anúncio certo é mostrado no momento ideal. Nesse modelo de rede você pode exibir anúncios gráficos, dando mais destaque ao seu negócio ou serviço.

A rede de display do Google é formada por milhares de sites, dos mais diferentes temas. Esses sites se afiliam à rede de display através do Google AdSense e disponibilizam espaços em suas páginas para exibir anúncios relevantes para quem está navegando por elas. Quando um cliente se interessa e clica no anúncio, o anunciante paga o valor do clique para o Google, que por sua vez repassa uma parte dessa verba para o dono do site. Ou seja, todo mundo sai ganhando.

Tipos de Segmentação da Rede de Display

Existem cinco tipos de segmentação na rede de display, sendo que três deles têm foco na página em que o anúncio é posicionado e os outros dois (por interesse do usuário e remarketing), têm foco no usuário. Confira:

  • Segmentação por palavras-chave: também conhecida como segmentação contextual, nesse modelo você faz uma lista de palavras-chave e o sistema do Google vai utilizá-la para encontrar canais da rede de display que possuem aquelas palavras no conteúdo e vai exibir o seu anúncio ao lado desse conteúdo;
  • Segmentação por canais: esse modelo de segmentação permite que você escolha diretamente em qual site da rede de display você deseja exibir seus anúncios. Escolha pelo menos dez canais para cada grupo de anúncios;
  • Segmentação por tópicos: toda vez que um site se afilia para exibir anúncios da rede de display, ele se associa a um tópico. Portanto, nesse modelo de segmentação você escolhe os temas que se relacionam com o seu anúncio;
  • Segmentação por interesse do usuário: nesse modelo, o Google faz uso do histórico de navegação do usuário para identificar o interesse dele, traçando assim seu perfil;
  • Segmentação por remarketing: com esse tipo de segmentação você mostra os anúncios apenas para quem já visitou o seu site, fazendo uso de um código de remarketing que você deve instalar no seu site para ativar essa segmentação;
  •  

Conclusões

Anunciar no Google é uma ótima forma de potencializar seu serviço ou negócio. Por isso, aproveite todas as vantagens do Google AdWords e comece a ter sucesso hoje mesmo. Não esqueça de seguir atentamente todas as dicas que compartilhamos com você neste artigo, desde a criação dos anúncios até a elaboração da página de destino perfeita.

  •  

Como Usar o Google Adwords Para Ganhar Milhares de Novos Indicados

Boas Práticas Sobre AdWords Para Afiliados

Logo de cara, A R&M divide em três categorias quem trabalha com afiliados: profissional, árbitro e autoridade. Sendo o último aquele que utiliza da autoridade de já ter testado a estratégia para apoiar empresas. Os outros dois, profissional e árbitro, tendem a não aparecer tanto e a trabalhar com ferramentas mais tradicionais de anúncios.

Google Adwords tem algumas políticas que dificultam o dia a dia do afiliado. Mas, Fábio fez uma recomendação para ajudar nesse processo. A primeira dica para trabalhar com afiliados, é criar um espaço próprio para direcionar anúncios. Exemplo: criar uma landing page para que sua publicidade leve o público até ela. Dessa forma, você pode criar anúncios, configurar remarketing e rastrear os usuários. Depois, você pode direcioná-los até a empresa/produto que você está apoiando.

É interessante fazer um trabalho que seu afiliado não conseguiria fazer. As atividades não devem competir e nem ser duplicadas. O ideal é que você realize as atividades de Rede de Display e YouTube, por exemplo. Dessa forma, você vai levar os usuários para esta página intermediária, que faz parte da sua estratégia.

Mas por que é interessante ter esse passo no meio do caminho? Com a landing page e suas tags de rastreamento implementadas, é possível saber se o seu público passou para o próximo nível ou não. Além de você ter em mãos os dados necessários para planejar o próximo passo da campanha e fazer um trabalho complementar ao de seu afiliado.

Vale reforçar que essa landing page precisa estar em conformidade com seu afiliado, com as informações alinhadas e corretas de acordo com o produtor principal.

Adotar Postura Corporal de Líder faz o Cérebro Incorporar o Papel, diz Estudo

Você com certeza já ouviu falar que a postura corporal é algo essencial para uma pessoa e que há muito que ocorre nas entrelinhas, de que nem sequer nos damos conta.

A postura de um líder é um exemplo. A capacidade de liderança não depende somente da sua posição e personalidade, mas também da sua linguagem corporal.

Pesquisadores de Harvard e Stanford, em uma série de artigos, demonstraram que se posicionar corporalmente como um líder faz com que seu cérebro incorpore o papel e, com isso, tome decisões mais arriscadas e aja naturalmente como um.

O efeito é tanto que a simples postura faz com que o seu corpo libere mais testosterona (relacionada à liderança) e menos cortisol (relacionado ao estresse).

A hipótese dos cientistas é que isso seja resultado de uma seleção natural das espécies: dentre os animais, aqueles maiores ou com posturas mais expansivas tornavam-se os líderes do bando.

E a liderança sempre foi essencial na natureza, para que pudessem sobreviver – de forma que a hierarquia é uma das instituições mais antigas da vida em sociedade.

Nos testes que realizaram, aqueles com uma postura expansiva se deram melhor no papel de líder do que aqueles com uma postura introspectiva. Ou seja: a postura age de forma independente no seu desempenho.

Portanto, caro leitor, se você quiser se tornar um líder, pense como um. E, se quiser pensar como um, adote a postura de um: costas eretas e peito aberto. Estas posturas permitem que seu cérebro entenda você como um líder e aja como tal.

Produtividade: Como Aumentar a Sua em 7 Passos

Lembra aquele dia em que você voltou para casa bastante cansado, mas com uma sensação boa de ter sido bastante produtivo? É possível ativar a produtividade, deixando-a sempre ligada na sua vidaPara conseguir isso, é preciso acionar três botões:

A) Saber fazer: Adquirir continuamente conhecimentos e habilidades práticas úteis ao seu trabalho. Eles lhe permitirão pensar, analisar, tomar decisões e, sobretudo, agir de forma eficiente e eficaz. Lembre-se: quem é ignorante jamais será produtivo.

B) Poder fazer: Diz respeito, principalmente, a organizar o tempo e os demais recursos necessários à realização de suas tarefas. Sem condições de trabalho minimamente adequadas, o esforço — por mais intenso que seja — se mostrará inútil.

C) Querer fazer: Vamos agora tratar de atitudes. Você certamente conhece gente que sabe fazer, pode fazer, mas não quer fazer algo. Nesses casos a produtividade fica “mode off”. Quando o ser humano diz “não quero” fica impossível levar qualquer projeto adiante.

Caso você esteja sofrendo do que alguns chamam genericamente de “preguiça” ou “má vontade”, recomendo investigar cuidadosamente as causas desse repentino desinteresse pelo trabalho. Verifique se questões externas estão lhe prejudicando.

Veja também se são variáveis suas: aspectos subjetivos, particulares os motivos para a desaceleração da sua produtividade. Tomar uma decisão será fundamental, pois essa incômoda situação trará muitos problemas para você, seu chefe e sua organização.

Para te ajudar a aumentar a produtividade, reunimos abaixo algumas dicas práticas:

7 SEGREDOS DA PRODUTIVIDADE

  1. Agende todas as atividades a realizar e trace metas em torno delas;
  2. Cerque-se do máximo de informações úteis ao trabalho que puder agregar;
  3. Elimine as distrações e foque-se no que precisa ser feito;
  4. Crie pequenas pausas para “arejar” o cérebro;
  5. Veja a possibilidade de dispor de ferramentas de boa qualidade;
  6. Avalie continuamente os resultados do dia, da semana e do mês;
  7. Adote o espírito da superação de seus limites, buscando sempre fazer mais e melhor.

Se você conseguir incorporar esses hábitos à sua vida, pode ter certeza de que os resultados vão aparecerem em pouco tempo.

Pare de Criar Desculpas e Comece a Criar Oportunidades

insegurança é um sentimento natural do homem. Algumas vezes, este instinto defensivo pode nos proteger de perigos e problemas em potencial.

Mas em outras tantas ocasiões — aliás, na maioria delas — a insegurança traz um efeito desastroso às nossas vidas.

Ao longo dos anos, passamos por momentos nos quais temos que realizar coisas que vão contra ao que estávamos acostumados a fazer. O famoso ato de sair da zona de conforto.

Só que em vez de enfrentar o desafio de peito aberto, em geral preferimos criar desculpas para evitar essas situações, graças à insegurança de falhar.

Não é simples sair da zona de conforto. Para uns, isso pode ser uma mudança assustadora. Intimidadora. Apavorante.

Mas é necessário enxergar como essa mudança pode ser benéfica.

Experimentar o que há de novo ou diferente ao nosso redor é fundamental para a nossa evolução pessoal. Trata-se de viver e aprender. Quando você evita isso por temer os riscos, fica parado no mesmo lugar para sempre.

A insegurança é traiçoeira. Na maioria dos casos, o medo que ela nos proporciona não passa de um exagero, fruto de nossas imaginações.

Essa sensação impede muitos homens de descobrirem o seu verdadeiro potencial na vida. Às vezes a capacidade está lá, dentro de você. Mas você deixa a chama adormecida porque prefere não arriscar.

Quem vive com medo morre mil mortes, escreveu Shakespeare, mas os valentes enfrentam a morte uma única vez, aproveite as oportunidades que a R&M Luxury está trazendo para você, invista no seu futuro.

É necessário encontrar coragem para agarrar com firmeza as oportunidades que pintam em nosso caminho. Ou, melhor ainda, criar as suas próprias oportunidades.

Porque o mundo, senhores, é daqueles que dão menos desculpas e agem mais.

Como Terminar as Coisas que Você Começa? 5 Conselhos

As grandes conquistas da nossa vida começam com uma ideia; aí temos que dar o pontapé inicial; e depois seguir em frente — um passo por vez — até conquistarmos o nosso objetivo. Só que existe um grande obstáculo entre nós e a glória: a falta de persistência. Se você não quer que isso vire um hábito para você, hoje reunimos 5 conselhos de como terminar as coisas que você começa.

1# TENHA UM PROPÓSITO

A nossa motivação depende de encontrar um propósito nas coisas que fazemos. Por que você decidiu começar aquilo? Onde isso vai te levar? Quais serão os benefícios para a sua vida? Reflita muita bem sobre essas questões — e lembre-se das respostas sempre que você se sentir cansado.

2# SEJA SELETIVO NAS SUAS ESCOLHAS

O que você prefere, ser bom em poucas coisas ou ruim em muitas? O nosso tempo é limitado, então precisamos ser seletivos com as nossas escolhas. Foque sua energia no que você considera uma prioridade para você. O resto é uma distração da qual devemos ficar longe.

3# FUJA DO PERFECCIONISMO

Quando estabelecemos uma meta alta demais para nós, é perigoso perdermos a motivação ao longo do caminho, caso algo saia do planejamento. Todas as tarefas em nossa vida precisam ter começo, meio e fim. O perfeccionismo nos leva a prolongar excessivamente a etapa do “meio”. Não caia nessa ciladatrabalha em cima de prazos sempre.

4# FAÇA UMA LISTA DE TAREFAS

Uma lista ajuda você a enxergar claramente o seu progresso, o que mantém a motivação lá no alto. Mesmo que seu objetivo final ainda esteja longe, pelo menos você sabe que está se aproximando dele. Além disso, essa organização te ajuda a escolher as tarefas que deve fazer no curto, médio, longo prazo — ou evitar de vez.

5# COMEMORE AS PEQUENAS VITÓRIAS

Toda trajetória tem um ponto inicial, um ponto final — e vários estágios entre eles. Por isso é importante comemorar as pequenas vitórias. Elas são um indicativo de que você está no caminho certo para atingir sua grande meta. A celebração dessas etapas é uma injeção de ânimo para nós.

5 Discursos e Frases Para te Motivar Quando Estiver Desmotivado

Eu estava meio para baixo esses dias. Sabia o que fazer, mas me faltava coragem para executar minhas tarefas.

Comecei a ficar incomodado com todo esse sentimento e comecei a escutar umas músicas motivacionais para ver se dava jeito.

No começo ajudou, mas ainda assim ainda tinha aquela coisa chata me incomodando. Comecei a procurar algumas frases motivacionais e, quando me dei por conta, estava lendo textos famosos e inspiradores.

Decidi então trazer alguns para vocês. Afinal, não sou o único que passo por isso, certo?

STEVE JOBS

Lembrar que estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que já encontrei para me ajudar a tomar grandes decisões.

Porque quase tudo — expectativas externas, orgulho, medo de passar vergonha ou falhar — cai diante da morte, deixando apenas o que é apenas importante. Não há razão para não seguir o seu coração.

Lembrar que você morrerá é a melhor maneira que conheço para evitar a armadilha de pensar que você tem algo a perder. Você já está nu. Não há razão para não seguir seu coração.

Eu não consegui imaginar outra maneira de texto motivador quanto esse trecho de um dos discursos mais marcantes de nosso querido Steve Jobs.

Saber que um dia nosso tempo vai acabar é de certa maneira a maior forma de motivação possível.

Lute, viva, cresça e aprenda. Seja uma criança curiosa até o final de sua vida, pois, assim, chegará aonde quiser.

ALBERT EINSTEIN


Se em princípio, a ideia não é absurda, então não há esperança para ela.
Esse não é um texto, mas é igualmente importante. Esse serve para você pegar aquela sua ideia que você abandonou, guardou bem dentro de você e nunca teve coragem de trazê-la ao mundo. Alguém disse que colocar o homem na lua seria um absurdo. E adivinhem, chegamos lá!

AYRTON SENNA

No que diz respeito ao empenho, ao compromisso, ao esforço, à dedicação, não existe meio termo. Ou você faz uma coisa bem feita ou não faz.

Dedicação, trabalho duro e determinação são as chaves para sucesso em qualquer lugar. Tenha em mente seus objetivos e lute com vontade. Hora ou outra, cedo ou tarde, você chega lá.

WINSTON CHURCHILL

Todas as grandes coisas são simples. E muitas podem ser expressas numa só palavra: liberdade; justiça; honra; dever; piedade; esperança.

O entendimento dessa frase é muito simples: busque sempre sua liberdade em todas as formas, aja de maneira justa, seja um homem de honra, honre os seus deveres, demonstre piedade, e tenha sempre esperança e convicção de que tudo dará certo.

HENRY FORD

“Há mais pessoas que desistem do que pessoas que fracassam.”

A dica dessa é não desistir. Quando tudo parecer difícil demais, firme-se e vá para cima sem medo, afinal, se você desistir, jamais vai conhecer a glória da persistência.

O que podemos tirar desses textos é que não devemos nos abater, pois, quando o ser humano é levado ao extremo, ele é capaz de coisas extraordinárias. Não tenham medo dos seus objetivos e sonhos. Lutem por eles, e a glória da vitória os cercará pela eternidade.

Vamos Falar de Algo Muito Importante, a GARANTIA

A garantia diz muito sobre uma semijoia!

Sem a menor sombra de dúvida, comprar um produto com garantia nos deixa mais tranquilos e seguros, não é?
Além disso, se o fabricante está nos oferendo um produto com garantia, nós consumidores subentendemos que o produto é realmente de qualidade.

Existem 3 tipos de garantia:

  1. Garantia legal: é aquela prevista no Código de Defesa do Consumidor, para semijoias é de 90 dias;
  2. Garantia contratual: é aquela oferecida pelo fabricante;
  3. Garantia estendida: são aquelas vendidas, que o consumidor pode ou não querer adquirir;

A garantia legal, ou seja, aquela estabelecida por lei para os “bens de consumo”, é definida conforme a categoria do produto, ou melhor, pela sua durabilidade e função.

Os bens de consumo estão divididos em 3 grupos:

  1. Bens duráveis: carros, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, etc.
  2. Bens de consumo imediato: comida, material de limpeza, etc.
  3. Bens semi duráveis: semijoias, roupas, sapatos, bolsas, etc.

Pelo código de defesa do Consumidor, os bens semi duráveis, segmento que abrange as semi joias, possuem garantia de 90 dias a partir da data da compra, declarando ou não o fabricante.

Sendo assim toda semijoia possui uma garantia legal de 90 dias após a compra, contra defeitos de fabricação e vícios do produto.
Qualquer garantia superior é cortesia do fabricante. Contudo, mesmo sendo cortesia, deverá ser cumprida, em todos os seus termos.
Por não ser obrigatória, uma garantia com prazo superior a 90 dias, possui um valor inestimável, e quanto maior esta garantia, maior sua segurança de compra.
A R&M Luxury oferece Garantia de 2 anos contra o desgaste natural do banho, para todos os seus produtos, pois confiamos no produto que oferecemos.
O que acontece se uma peça é mal cuidada e submetida a produtos corrosivos que afetam seu banho, a R&M Luxury possui os Pontos de Apoios em Todo Brasil, você pode ir direto a um deles e entregar sua peça para que seja realizado um novo banho.
Conheça mais sobre as nossas semijoias e o processo de banho clicando aqui.
Quando for adquirir uma semijoia, procure um fabricante que lhe ofereça uma garantia de no mínimo 6 meses, e não se arrisque com produtos sem garantia, pois se o fabricante não acredita no produto que vende, por que você deveria acreditar? Certo!?

Conheça o Processo de Banho das Semijoias R&M Luxury

É comum que os olhos das mulheres brilhem diante de joias e semijoias lindas. Afinal, elas são elaboradas para adornar e destacar a beleza, a cor dos olhos, do cabelo. Incrementar aquela produção mais básica ou destacar um visual festivo maravilhoso.

Por isso mesmo muita gente tem curiosidade em saber como esses adereços são produzidos. Afinal, dependendo do tipo de banho, o preço pode variar bastante. Quer entender como isso funciona? Leia mais e conheça os tipos de banho de semijoias!

Conheça o processo de banho de uma semijoia: a Galvanoplastia

As joias puras são feitas de materiais nobres, e por isso raramente necessitam de um banho para ganharem cor ou brilho. Já as semijoias são peças fabricadas em materiais menos nobres, como o latão, mas recebem camadas desses metais a fim de que possam ficar mais parecidas com as joias. E esse é o seu maior diferencial.

O primeiro banho, o cobre alcalino, é justamente o responsável por garantir que a camada de metal nobre tenha aderência ao produto. A peça-base é imersa em uma solução do material nobre, e uma reação química garante a união entre os dois elementos.

Entenda o banho de polimento, acabamento e brilho

Depois do primeiro banho, é conveniente que a peça apresente a textura e a beleza característica da joia verdadeira. Mas isso não é alcançado nesse primeiro momento.

Então, é realizado o banho de cobre ácido. Ele proporciona um acabamento capaz de fazer com que a peça de adapte melhor ao corpo e fique mais confortável de usar. Isso é fundamental no caso dos anéis, por exemplo.

Aprenda sobre os banhos de qualidade e durabilidade

Após o primeiro banho, responsável pela aderência; e o segundo, que confere estrutura à semijoia, está na hora de garantir sua durabilidade. Afinal, uma das características e diferenciais da semijoia é a preservação da cor e do brilho por muito tempo, mesmo com uso contínuo.

Não é justificável pagar um valor em uma peça que vai se deteriorar rapidamente, certo? Por essa razão, após o banho de cobre ácido, a semijoia recebe uma camada de paládio, essa camada é responsável por deixar a semijoia hipoalergênica e capaz de evitar a oxidação.

Logo em seguida é feito o banho de pré-ouro, essa camada garante a melhor aderência da camada seguinte e evitar contaminações no banho.

Finalize com os banhos de conservação e proteção da peça

Dos banhos de semijoias, esse é o responsável por finalizar a peça em grande estilo. Após a realização de todos os procedimentos anteriores, é aplicado o banho, essa camada deposita maior teor de ouro na semijoia, nesta etapa aplicamos até 20 milésimos de ouro nas semijoias R&M Luxury, garantindo assim um banho duradouro e que não desgasta com facilidade. Isso garante que a coloração não mude no decorrer dos anos.

Logo após o banho, é aplicado a Cor Final, sexta camada, essa camada final de ouro tem a função de determinar um padrão de tonalidade homogênea e igual para todas as nossas semijoias. Então, por fim, a peça recebe uma camada transparente de verniz para selar e proteger as demais camadas.

Uma peça de boa qualidade costuma receber maior quantidade de camadas, nós da R&M Luxury aplicamos 20 milésimos de espessura de ouro, por isso a qualidade é superior à concorrência.

O mercado normalmente oferece entre 3 e 10 milésimos, e é justamente esse incrível cuidado que temos no nosso processo de Galvanoplastia que eleva a qualidade, fidelidade dos clientes e procura dos nossos produtos.

Portanto, conhecer o fornecedor e garantir que a peça tenha boa procedência é muito importante. Quando os banhos são feitos com cuidado e capricho, você garante um produto que pode durar a vida inteira. Do contrário, vai pagar caro em algo que, provavelmente, vai descascar ou escurecer em pouco tempo de uso.

Gostou das dicas? Compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude outras pessoas a entenderem o processo de confecção de semijoias.

5 Dicas Cartola MATADORA para Revender Mais Semijoias

Com o aumento do empoderamento feminino no mercado mundial, as mulheres assumem cada vez mais o papel de protagonista de suas vidas financeiras, reconhecendo seu valor, assumindo o poder para fazer o que querem através de resultados cada vez mais ousados.
Sem falar que as mulheres se deram conta que podem sim ampliar suas oportunidades de atuação no mercado de trabalho, por se destacarem pela sua dedicação e comprometimento com o seu sucesso.
Por isso, se tornar uma revendedora de semijoias é uma ótima oportunidade de crescer e atingir a independência financeira, com flexibilidade de horário que contribuir com a realização pessoal e profissional.
Para ajudar nossas madres no caminho do sucesso, separamos algumas dicas para vender ainda mais:

1. Determine o seu público alvo

Antes de mais nada é preciso definir o seu público, o seu consumidor em potencial. Afinal, ter um “alvo” é essencial para focar e conseguir atingir suas metas com sucesso. Conheça e estude as particularidades de seu cliente, pesquise seus desejos e necessidades. Entenda o que ele precisa e tem dificuldade de alcançar, ofereça soluções.
Assim será mais fácil encontrar produtos e estratégias que atendam as necessidades do seu consumidor. Uma dica é ter em mãos o perfil dos seus clientes para te ajudar a lidar com todas as outras ações, inclusive de marketing que também são essenciais.
Aproveite as datas comemorativas para estabelecer e criar estratégias de vendas voltadas para seu público. Datas comemorativas como aniversários, dia das mães e datas religiosas, são ótimas oportunidades de vendas de semijoias.

2. Defina seus canais de venda

Existem inúmeras possibilidades e estratégias para alcançar seu cliente. Organizar um cômodo aconchegante e prático na sua própria residência para expor suas semijoias também pode ser uma ótima opção para te aproximar da sua cliente.
Outra opção é apostar em suas redes sociais para divulgar as peças. Pois a internet ajuda a ampliar suas possibilidades de atingir novos consumidores, facilitando inclusive a vida de suas clientes, pois ajuda quem tem uma rotina turbulenta e não consegue visitar as lojas durante o horário comercial
Não existe regra, nem fórmula mágica, mas o objetivo é criar canais de venda eficiente que alcancem sua clientela, facilitando a negociação através de opções que tornam os processos mais práticos e cômodos.

3. Monte kits personalizados

Por isso é essencial conhecer o seu público-alvo, pois a escolha das semijoias para revender é um dos fatores mais importantes. Enquanto algumas mulheres optam por acessórios clássicos, delicados e tradicionais, outras não preferem acessórios ousados, modernos e inovadores.
Por tanto, estude bem seu público pois os produtos devem estar correlacionados com o gosto do seu consumidor.
Além de apostar em estilos diferentes, é indicado oferecer peças diversificadas. Ou seja: uma boa pronta entrega tem desde anéis e pulseiras até colares e brincos. Assim você conseguirá atender um público maior.

4. Confie em você e tenha atitude

Oportunidades nem sempre batem a nossa porta, por isso, para realizar vendas expressivas é preciso sair da zona de conforto e levar seus produtos até sua consumidora em potencial, sejam familiares, amigas ou conhecidas.
Esqueça a timidez! Para se destacar como uma revendedora de sucesso, seja proativa e comunicativa. Aprenda a usar a persuasão a seu favor, pois é uma poderosa ferramenta de trabalho.
Se você é sua própria chefe e o sucesso depende exclusivamente de você, por isso, seja autogerenciável, se dedique e tenha força de vontade. Invista em um bom mostruário e marque encontros com suas clientes para apresentar as semijoias e novidades.
Outra dica é investir em um look autêntico e estiloso, usando as peças do mostruário e combinando as semijoias, pois é uma estratégia interessante. Seja você a melhor vitrine de sua loja.

Como Cuidar de Sua Semijoia

Como Cuidar de Sua Semijoia

A cautela que você deve ter com as suas semijoias é super importante, afinal, peças tão semelhantes à verdadeiras joias necessitam também de cuidados!
Veja aqui dicas para aumentar a durabilidade e brilho de seus acessórios:

Armazenamento

Evite guardar todas suas semijoias em um mesmo local, isso pode riscar umas às outras ou amassar alguma parte do metal. A aglomeração de peças pode também causar a queda de zircônias, pois por melhor que seja a cravação de sua semijoia, o atrito com outras peças pode danificá-la.
O ideal é armazená-las em compartimentos separados e com a maior proteção possível. Isso também evita que os colares possam embaralhar e você perca um tempão para organizá-los. Caso não seja possível adquirir um porta joia, isole cada peça em embalagens de plástico ou de veludo.

Limpeza

Nunca use acetona, creme dental, cremes variados ou álcool para limpar suas semijoias, isso danifica e suja as pedras, zircônias e metais. O ideal é evitar todo contato com produtos químicos.
Não passar perfume e outros produtos, como cremes, óleos e produtos a base de álcool, diretamente no corpo quando estiver usando a semijoia. Evite passar protetor solar sobre as semijoias, entrar no mar ou na piscina, porque tais produtos associados ao calor alteram a cor das pedras e atacam a liga do metal.
Não lave as mãos ou tome banho usando a semijoia, pois o sabonete deixa uma fina película sobre a superfície das peças, dando-lhes uma aparência opaca.
Sempre tire as semijoias, principalmente os brincos, antes de aplicar tintura para cabelo. Passe o perfume e use spray de cabelo antes de colocá-la, esperando alguns minutos para que evapore o excesso.
Para limpar use uma flanela especial para limpeza de joias e faça movimentos bem suáveis para não danificar o banho. Para peças com pérolas, o procedimento poderá ser o mesmo.
Não deixe de visitar nossa página para sanar qualquer dúvida.

Semijoias Baratas Vs Semijoias Finas

É super comum vermos algumas bijuterias que se passam por semijoias ou até mesmo semijoias com preços muito acessíveis que até desconfiamos e nos perguntamos: “Será que aquela loja que estou acostumada a comprar meus acessórios está ganhando em cima de mim ou realmente existe alguma diferença que eu não estou notando?” Pois, bem! Explicaremos para vocês o porque encontramos às vezes produtos que achamos ser semelhantes com preços muito mais baixos…

Semijoias baratas Vs Semijoias finas

As semijoias mais acessíveis ou algumas preferem chamar até mesmo de semijoias “safadas”, por terem uma baixa durabilidade ou não ter uma aparência de joia costumam nos fazer brilhar os olhos, afinal, quem nunca teve aquela festa de última hora e precisou correr atrás de vestido, sapato, bolsa e no final acabou ficando sem dinheiro para investir no que arremata o look final, sim, os acessórios!

Acredito que toda mulher já deve ter passado por essa situação antes… Então vai naquela lojinha de bijuterias chinesas ou dos famosos xing ling que muitas vezes até te enganam e dizem que você está comprando uma semijoia legítima quando, na verdade, não passa de uma biju arrumadinha. Ah! Algo muito importante é comentar que MUITAS pessoas têm preconceitos com bijuterias e semijoias chinesas…

Gente, demos esse exemplo, porque sabemos que tem muita bijuteria e acessório por aí que são de baixa qualidade e não seguem as regras do cádmio, do níquel, entre outras que explicaremos mais para frente.

Mas na verdade elas não precisam ser necessariamente chinesas, acredite, tem muita porcaria que é feita no Brasil, nos Estados Unidos, na Turquia, na Tailândia e em vários outros lugares do mundo..

Portanto, abra sua cabeça, pois existe muita coisa boa na China, onde você pensa que é fabricado o Iphone? Lá existe peças de altíssima qualidade, mas infelizmente devido a alguns fornecedores, todos acabam pagando o famoso “pato”. Inclusive a China é conhecida por ser um dos países mais especializados nas cravações e micro cravações… É difícil vermos alguns fornecedores de fora cravarem tão bem zircônias como os chineses! Mas esse será de repente um assunto para um próximo post!

Voltando ao tópico inicial… Listaremos aqui algumas informações que acreditamos serem bastante relevantes na diferenciação entre essas duas categorias de semijoias.

Banho

Preste atenção, pois às vezes você pode estar sendo enganada acreditando que está comprando uma coisa, mas, na verdade, está comprando outra. Antigamente a maioria das bijuterias não era banhada, hoje em dia é cada vez mais comum as mesmas serem banhadas, portanto, o banho já não é mais um parâmetro de diferenciação!

A diferença pode estar na camada de milésimos, pois quanto maior a quantidade de milésimos de banho que a peça tiver, teoricamente, maior durabilidade ela terá… Mas… Por que escrevemos teoricamente?

Você que Busca Semijoias de Qualidade no consignado

Falamos isso, por que muitas pessoas acham que por estarem comprando semijóias (seja ela de luxo, fina, de qualidade ou qualquer outra coisa que você quiser chamar) ela poderá raspar a peça em superfícies, tomar banho com a peça, passar perfume, desodorante, tintura e tudo mais que der na telha que a peça ficará intacta!

Não, até porque as semijoias não são fabricadas em metal nobre, mas sim em metal comum. Se quiser mais informações para conservar sua semijoia por mais tempo, veja nosso informativo.

Então, o ideal é comprar sempre semijoias que tenham mais milésimos de banho. Mas, como saber? Infelizmente isso só é possível através de um teste realizado em laboratório. Já vimos inúmeros fornecedores afirmarem vender semijoias com 10 milésimos de camada quando, na verdade, não passava de no máximo 2 milésimos.

Então o ideal é arriscar e verificar o quanto tempo o banho da sua joia durou. Se você não utilizou nenhum produto químico ou nada que tenha danificado sua peça, as empresas de atacado o ideal é o banho durar de 6 meses a 12 meses, R&M LUXURY o banho pode durar  2 anos, depende do uso também. As bijuterias e semijoias baratas tendem a descascar em prazo de tempo menor.

Material do metal

Dificilmente uma semijoia de alta qualidade terá presença de metais pesados ou metais que possam prejudicar a sua saúde. Na maioria dos casos, quando a peça for muito barata, desconfie…

As semijoias finas são aquelas que não possuem níquel algum em sua composição. Isso o seu fornecedor deverá conseguir responder, pois, inclusive é proibido produzir ou importar peças que tenham níquel em sua composição, mas sabemos que infelizmente alguns fornecedores ainda continuam arriscando a saúde de seus clientes e colocando níquel nas peças.

Outra mudança recente foi a porcentagem de cádmio e chumbo estabelecido pelo INMETRO. O documento divulgado proíbe a comercialização de bijuterias e semijoias com “concentrações de cádmio e chumbo iguais ou superiores respectivamente, em peso, a 0,01% e 0,03%, do metal presente no produto individualmente considerado”.

Em geral, essas substâncias nocivas ainda são utilizadas por serem itens que barateiam o custo de produção, portanto, é aquela famosa frase: “O barato sai caro”. Por isso sempre desconfie se a sua semijoia for muito barata em relação às demais do mercado.
Não deixe de ler sobre a Diferença das Semijoias com as Bijuterias.

Pedras

Outro fator incrivelmente relevante são as pedras x zircônias. Muitos vendedores utilizam-se do artifício de enganar os seus consumidores e clientes! As semijoias finas SEMPRE devem ser feitas de zircônias!

As peças mais baratas muitas vezes são cristais ou strass e isso modifica completamente a aparência da peça, pois dá um “ar” de bijuteria ou de um acessório mais barato para a peça.

Quer ter uma semijoia com cara de joia? Aposte nas finas e de luxo! Todas são elaboradas com as famosas CZs que são as zircônias cúbicas, pedras reproduzidas artificialmente e que se assemelham em diamantes, impecáveis na aparência, onde podem ser adicionadas cores para simular outras pedras preciosas, recebendo daí o nome de pedra simulada.

Além disso, as semijoias de luxo costumam ter zircônias de qualidade AAA, AAAA e AAAAA, semelhante a uma classificação de hotel 5 estrelas mesmo.

Sendo que a zircônia A e AA são as zircônias de qualidade bem inferior e devem ser evitadas, pois, não tem tanto brilho e nem muita qualidade. Sua durabilidade também não é a mesma de uma zircônia que tem uma classificação de 3A’s a 5A’s. A zircônia 5A’s é a classificação máxima que uma zircônia pode ter e seu grau de qualidade, durabilidade e de brilho são muito maiores. As zircônias de maior qualidade são mais caras por isso acabam encarecendo também a peça.

Para se ter uma noção, enquanto um diamante tem uma durabilidade 10 na Escala de Moh, a zircônia AAAAA tem uma durabilidade de 8,5. Já as de qualidade inferior são abaixo de 5, 6 na escala.

Brilho

O brilho de semijoias de alto nível são bastante diferentes das baratas, isso por que, além do fato da classificação da zircônia que comentamos acima ser um fator de muita relevância, o tamanho também acaba influenciando, pois, uma micro zircônia, por exemplo, tem maior brilho devido ao impacto da zircônia na luz tornar-se ainda maior.

As micro zircônias são mais difíceis de serem cravadas na peça, por isso o preço das peças em micro zircônias acabam se tornando um pouco mais alto. Veja nossos conjuntos de brincos e colares com micro zircônias.

Reparem no brilho e aparência de joia de nossas peças elaboradas em micro zircônias negras em nosso vídeo demonstrativo abaixo.

Semijoias com qualidade Impecável

Qualidade e acabamento

Por fim, a qualidade e o acabamento de seus acessórios são diferentes também nos dois casos. As semijoias baratas não possuem um acabamento tão bom internamente, algumas peças apresentam relevos ou restos de metais deixando um visual muito feio quando olhado de outro ângulo. Já as semijoias finas possuem um ótimo acabamento interno.

A durabilidade e qualidade de seus acessórios também são diferentes nesses dois casos. As peças mais baratas acabam tendo uma durabilidade muito menor do que as semijoias finas que se bem conservadas e sempre armazenadas em porta joia podem durar por muito tempo!

Por isso, por mais que o preço seja um pouco elevado entre semijoias comuns e semijoias finas, tente sempre investir em acessórios de qualidade e que possuem um melhor acabamento, melhor banho, melhor cravação e tenham aspecto de joias de verdade. E esperamos tê-las ajudado a identificar e diferenciar semijoias de qualidade das demais! 😉

Empreendedorismo é propósito de vida para 60% dos jovens

Empreendedorismo cada vez mais a fantasia de ser dono do seu próprio negócio como facilidade e garantia de lucro está desmistificada para os jovens brasileiros, conforme mostra o resultado da pesquisa feita pela Fundação Telefônica Vivo, em parceria com IBOPE Inteligência e Rede Conhecimento Social.

Segundo o estudo, 44% deles não acreditam que o empreendedorismo seja a melhor forma de ganhar dinheiro. Entre eles, 55% acreditam que empreender é conseguir colocar em prática os seus sonhos e 64% concordam que empreendedorismo é mais que ter um negócio, é ter atitude, iniciativa e criatividade.

A pesquisa ouviu 400 jovens entre 15 e 29 anos das classes A, B e C, de todas as regiões do país, em pesquisa qualitativa, além de especialistas e jovens empreendedores, expondo para a sociedade o contexto do tema de empreendedorismo.

Empreendedor ou empresário?

Os resultados mostraram que, em geral, o jovem acredita que empreender está associado à realização de propósito e sonhos, contrapondo o retorno financeiro como premissa. Dentro deste cenário é possível perceber uma juventude mais consciente sobre o caminho a ser percorrido para idealização e construção de um negócio. Para os jovens, a inovação também não é essencial, mas parte de uma atitude empreendedora com originalidade.

A pesquisa ainda trouxe a consciência do jovem de que empreendedor é diferente de empresário. Uma pessoa pode ser as duas coisas ou só uma delas e isso não o invalida. “Um funcionário de uma empresa pode encontrar soluções para algum problema. Ao se dispor a tornar aquilo um objetivo a ser realizado pode estar empreendendo” foi uma afirmação unânime nas discussões do workshop da pesquisa.

Intraempreendedorismo

Do total de jovens entrevistados, 56% se consideram empreendedores. Entre eles, 70% preferem ter um negócio próprio desafiando-se a criar produtos e serviços, e 30% preferem ser empregados de uma empresa, associando o conceito de empreender ao contexto empresarial partindo de uma atitude empreendedora que agrega aos negócios. 60% dos jovens acreditam que empreender não é só fazer dinheiro, mas inovar e transformar ao seu redor, seja com seu negócio ou dentro de empresas.

Neste contexto, o conceito de sucesso para os jovens tem cruzamento pessoal e financeiro. 60% deles acreditam que sucesso é ter um negócio de impacto com benefícios pessoais e para sociedade e 56% dos jovens entrevistados acreditam que sucesso é ter um bom lucro.

Outro dado relevante da pesquisa é sobre os desafios que o jovem enfrenta ao empreender. 56% dos entrevistados discordam que o jovem tem menos medo de empreender porque tem menos responsabilidade. O contexto social neste quesito tem grande impacto sobre as possibilidades de se empreender.

Classe C

Diferente das classes AB, em que 4 em cada 10 jovens preferem ser empregados ou funcionários de uma empresa, a juventude da classe C prefere ter o seu próprio negócio a trabalhar em ambiente corporativo. São 8 em cada 10 pensando dessa forma, por acreditar que assim, serão protagonistas de suas vidas. Esse aspecto está associado ao contexto social, que os tornam mais criativos e corajosos justamente pelas dificuldades de sua condição econômica e social. Esses jovens tendem a ser mais objetivos no que buscam, procurando algo mais concreto, acreditando que, assim, podem evitar incertezas do mercado de trabalho.

Na classe C, 57% dos jovens se consideram empreendedores. Destes, 78% preferem ter o negócio próprio e 22% preferem ser empregados de uma empresa.

Pense Grande

A Fundação Telefônica Vivo tem o empreendedorismo como um dos eixos de atuação, junto à educação e cidadania. Por meio do projeto Pense Grande, estimula o empreendedorismo social e atua com o objetivo de incentivar o jovem a pensar no tema como uma possibilidade de vida. O programa visa difundir a cultura do empreendedorismo de impacto social com tecnologia digital a jovens brasileiros por meio de três estratégias: Formar, que trabalha com jovens que queiram saber mais sobre o universo do empreendedorismo, oferecendo ferramentas e estratégias para desenvolver soluções em suas comunidades; Apoiar, que oferece formação e recursos para que participantes estruturem suas ações; e Fortalecer, que apoia instituições e iniciativas para fomentar o tema do empreendedorismo social para sociedade.

Neste contexto, o projeto fornece ferramentas, estratégias e recursos para desenvolver soluções e estrutura alguns temas destacados pelos jovens na pesquisa como atitude empreendedora, habilidades para reconhecimento de contexto social para resolução de problemas e desenvolvimento de projetos. Ao longo de cinco anos, já mobilizou mais de 50 mil jovens para o desenvolvimento de atitude empreendedora, apoiou 78 iniciativas e incubou 167 jovens.

Parceria

Em parceria com o Centro Paula Souza, desde 2016 aplica a metodologia Pense Grande em 47 ETECs e FATECs do estado de São Paulo, o que permite que a Fundação esteja ainda mais próxima do contexto educacional ligado ao empreendedorismo. Por estar presente neste cenário, a Fundação percebe, na prática, a importância do estímulo ao empreendedorismo ainda no cenário escolar.

A pesquisa mostrou que, ainda que o jovem tenha maior sensibilidade ao novo e predisposição ao aprendizado, por estar em processo de formação, não se fala sobre empreendedorismo na escola. O foco das discussões sobre esse tema ainda é restrito em como se inserir no mercado de trabalho.

Parte significativa do que aprende sobre o assunto vem das pesquisas e formações que realiza por conta própria. De acordo com a pesquisa, 42% dos jovens concordam que o empreendedor orienta e ensina pessoas ao seu redor. Assim, fica claro que para além da disponibilidade para aprender, os jovens veem um empreendedor como alguém que compartilha seu conhecimento.

Perspectivas

“A Fundação estimula os jovens a olhar o empreendedorismo como uma forma de mudança de vida e de perspectivas de futuro, se tornando protagonistas de suas próprias vidas, realizando seus sonhos e objetivos. Os resultados da pesquisa reforçam nosso posicionamento e comprometimento com o tema”, afirma Americo Mattar, diretor-presidente da Fundação Telefônica Vivo.

Para ver a pesquisa completa, basta acessar o site da Fundação Telefônica Vivo e fazer o download gratuito do estudo. Os principais dados também ganharam um formato em vídeo, disponível no canal da Fundação no YouTube.

Como Divulgar sua Loja Virtual: 8 Segredos para Você Divulgar Sua Loja Virtual de Semijoias

Para qualquer empresa obter sucesso, não basta apenas ter uma boa ideia e oferecer um produto ou serviço de qualidade. Também é preciso investir em comunicação e relacionamento para que as pessoas saibam que o negócio existe. E para o mercado e-commerce não seria diferente. Só assim é possível ir além, conquistando e fidelizando clientes para se tornarem verdadeiros seguidores da sua marca! E tudo isso se conquista por meio do marketing, fundamental para lojas virtuais que precisam desenvolver uma boa estratégia de divulgação do negócio. Por isso é que no post de hoje resolvemos trazer algumas dicas de e-commerce marketing para que você alavanque de vez os resultados do seu negócio. Vamos lá?

Transmita confiança aos clientes

O começo de uma boa relação entre uma loja e seus clientes se dá pela confiança. Pense bem: se os clientes que visitam um estabelecimento no ambiente off-line têm curiosidade de saber a procedência dos produtos e o histórico de atendimento da loja, o mesmo cenário é visto on-line. E no universo virtual esse detalhe ainda é potencializado, uma vez que o e-commerce não conta com um espaço físico em que o possível consumidor pode ver o produto, assim como não possui vendedores para sanar quaisquer dúvidas. Isso sem contar com a natural desconfiança de muitas pessoas pelo pagamento acontecer pela própria plataforma. E os costumeiros casos de fraude não ajudam muito a adiantar o pé atrás do público, não é mesmo?
Por tudo isso, para começar uma boa estratégia de e-commerce marketing é necessário fazer um investimento pesado a fim de transmitir confiança aos clientes. E esse esforço deve perpassar todos os momentos, desde a captação até o pós-venda, especialmente para atacar a diferença ainda existente entre lojas físicas e virtuais.

Invista em marketing de conteúdo

Uma das estratégias de e-commerce marketing que mais estão em alta atualmente é o marketing de conteúdo, que basicamente prevê a produção e o compartilhamento pela empresa de materiais relevantes para um público-alvo específico. Mas atenção: o objetivo desse conteúdo não é vender os produtos, mas ajudar o potencial cliente a resolver um problema, de maneira a criar uma relação de confiança entre ele e a empresa. Assim, quando efetivamente precisar comprar o produto, há uma boa oportunidade de se lembrar da sua marca.

Aposte no poder das mídias sociais

Excelência no atendimento e proximidade no relacionamento com o cliente são fundamentais para manter o engajamento com a empresa. E uma das maneiras mais eficientes de fazer isso na internet é por meio das mídias sociais. Muitos empresários chegam à equivocada conclusão de que as redes sociais não são eficientes porque se comportam por lá com a mesma abordagem de outros canais de marketing: para vender. Acabam se esquecendo que as pessoas não acessam as redes para comprar produtos, mas para se relacionar. Então vale rever sua postura e investir no relacionamento com o público nesses espaços.

Trabalhe a fidelização dos clientes

Um cliente satisfeito e fiel é um dos maiores ativos para uma estratégia de e-commerce marketing. Por esse motivo, tendo sua loja virtual conquistado o cliente, o investimento deve se voltar para mantê-lo, ao mesmo tempo, em que trabalha com benefícios exclusivos para que ele se torne fiel à sua empresa. Acontecendo isso, o consumidor vai naturalmente indicar seu e-commerce para os amigos, falando positivamente sobre a marca. E acredite: o boca a boca ainda é uma ação de marketing altamente eficiente.

Otimize o site para a mobilidade

A segunda tela já não é mais uma previsão, mas sim uma realidade. O acesso à internet móvel tem uma penetração cada vez maior, seja para acessar e-mails, conversar nas redes sociais ou, claro, comprar produtos em lojas virtuais! Por isso, ter seu e-commerce otimizado para acesso mobile é simplesmente obrigatório para se ter maiores resultados de vendas. E isso inclui a plataforma usada, a velocidade do site, a leveza dos arquivos para garantir o carregamento ágil e a experiência do usuário — este último, em especial, é um dos aspectos que mais ajudam a diminuir a taxa de rejeição de um site e o abandono de carrinhos.

Pense em seu e-mail marketing

O e-mail marketing é um recurso de e-commerce marketing que por muitos anos ficou esquecido, especialmente por conta do mau uso que algumas empresas fizeram dele. No entanto, de uns anos para cá, viu-se que, quando bem trabalhado, ele pode trazer bons resultados para as lojas virtuais. Com uma lista de e-mails, você mantém uma proximidade muito maior com o usuário, consegue descobrir quais são seus gostos e hábitos de consumo para, com isso, trabalhar campanhas com benefícios e ofertas exclusivas.
Um cuidado importante: mantenha uma periodicidade razoável para não encher a caixa de entrada das pessoas, acabando por se tornar inconveniente. Ao mesmo tempo, segmente sua lista de acordo com as características e os hábitos dos usuários para que suas mensagens sejam cada vez mais assertivas. Mandar a mensagem certa, no momento certo e para a pessoa certa: esse deve ser seu objetivo com o e-mail marketing.

Divulgue produtos e campanhas com mídia paga

É importante que sua estratégia de e-commerce marketing também contemple campanhas de mídia digital paga. E a plataforma mais eficiente nesse sentido é o Google AdWords, que permite que você anuncie na busca e também em banners da rede de display. Antes de começar, pense que precisará de landing pages específicas para cada campanha, de modo que a experiência do usuário fique mais coesa. Ao mesmo tempo, conseguirá mensurar bem os resultados. Que tal uma dica prática? No início, invista mais na mídia de busca, que é mais simples de executar e pode garantir um retorno mais rápido com as palavras-chave certas.

Mantenha o foco na busca orgânica

E por falar em buscas, sua estratégia de e-commerce marketing deve também prever um bom trabalho de SEO para melhorar o posicionamento do site na parte orgânica dos resultados. Por mais que esse seja um trabalho mais de longo prazo, quando bem executado, traz resultados muito mais duradouros.
No caso, é necessário que seu trabalho seja focado em três frentes: conteúdo, relevância e tecnologia. Se investir bem em marketing de conteúdo, o primeiro ponto já está bem atendido (lembrando que conteúdos para SEO têm uma configuração específica). Para o segundo ponto, o ideal é trabalhar na conquista de links de outros sites direcionando para o seu, além de compartilhamento do seu conteúdo em outros canais. No terceiro degrau vem a tecnologia, relacionada às características da plataforma da loja, o que já pode ser sanado desde o princípio se você fizer uma escolha criteriosa.
Seguindo nossas dicas para uma boa estratégia de e-commerce marketing, você vai conseguir ter um trabalho abrangente, garantindo maiores chances de obtenção de bons resultados desde o princípio. Pronto para a missão? Pois, se ainda tem dúvidas ou se quer compartilhar algum conteúdo que ache relevante para o tema, deixe seu comentário e participe da conversa!
Conheça nossas 5 Dicas matadoras para revender suas Semijoias


Por que Melhorar a Qualidade no Atendimento ao Cliente

O atendimento ao cliente deixou de ser um diferencial e se tornou um pré-requisito para as empresas que desejam ter sucesso no mercado. São inúmeras as vantagens que a alta qualidade no atendimento pode oferecer.

Podemos citar, por exemplo:

  • aumento na retenção do seu cliente,
  • mais satisfação no pós-venda,
  • crescimento do boca a boca sobre a empresa,
  • reconhecimento da autoridade da sua marca.

No fim das contas, todos essas vantagens levam o seu negócio na mesma direção: maior faturamento. E para atingir esse objetivo, sabemos que, mais que um bom produto ou serviço, o seu negócio precisa oferecer uma boa experiência ao cliente.
E adivinha o que é fundamental para tornar a experiência do comprador a melhor possível? Acertou quem respondeu qualidade no atendimento.
Portanto, se você quer saber como melhorar a sua relação com os clientes, continue a leitura e vamos te contar tudo para te auxiliar no seu negócio.

Por que a qualidade no atendimento é tão importante?

Imagine que um cliente que adquiriu uma Semijoia sua adorou seu produto, mas como não tem resposta nas dúvidas dele, começa a repensar se deseja continuar comprando e até mesmo indicando você a outros potenciais compradores.
Daí em diante, são várias as possíveis tomadas de decisão. E acredite, nenhuma delas será positiva para o seu negócio.
Só com esse exemplo já dá para perceber o quanto a qualidade no atendimento é importante.
A qualidade no atendimento significa, portanto, cuidar dos seus clientes e dar a atenção que essa parte tão importante do seu negócio merece.
Além disso, a qualidade no atendimento é fundamental para reter o seu cliente e fazê-lo valorizar ainda mais o seu negócio.
Um cliente satisfeito com um atendimento diferenciado volta a comprar, conta para os amigos o quanto o seu negócio é bom e pode até se tornar um fã da sua marca.
Agora que você já entendeu a importância de manter um atendimento de qualidade, vamos te apresentar dicas de como manter os seus clientes satisfeitos e como metrificar isso.

O que fazer para melhorar a qualidade do atendimento?

Clientes insatisfeitos é tudo o que o seu negócio não precisa e já te contamos o porquê disso. Mas como evitar que isso aconteça?
Antes de qualquer atitude, você precisa ter em mente que você terá demanda nos seus canais de atendimento em algum momento.
É praticamente impossível que uma empresa consiga ter todos os seus clientes satisfeitos. Ou melhor, não dá para que todos os compradores do seu produto não precisem entrar em contato com a sua empresa em nenhum momento.
Quanto mais vendas, mais pessoas usando o seu produto e serviço, provavelmente, mais pessoas com dúvidas ou precisando de ajuda. É por isso que você precisa estar pronto para atender essa demanda.
A primeira coisa para estar pronto é entender o seguinte: o suporte para os seus clientes é importante.
Aqui vão quatro dicas para melhorar a qualidade do seu atendimento:

1- Empatia com o cliente

Empatia é uma palavra que está na moda. E isso é ótimo. Apesar disso, a definição dela ainda causa confusão.
No dicionário consta a seguinte explicação para empatia: “habilidade de imaginar-se no lugar de outra pessoa”.
Essa definição deve ser a essência de um bom atendimento. Mais que isso, é a melhor maneira de aprimorar sempre a experiência do seu cliente com o produto ou serviço oferecido por você.
Quando alguém procura o contato com a sua empresa é porque aquela pessoa precisa de uma ajuda. Independentemente de qual seja a dúvida ou a reclamação, a sua resposta será mais assertiva quando você entender a dor do seu cliente.
Além disso, a empatia com o seu cliente permitirá que você analise com mais cuidado a demanda dos seus compradores. Consequentemente, isso aumentará a satisfação com o atendimento.
É também uma excelente oportunidade para você ter mais informações sobre a sua buyer persona. Até para você ter ideias de conteúdo para as suas redes sociais ou blog.

2- Faça um mapeamento dos pontos de contato com o cliente

Para colocar em prática essa dica, sugerimos que você faça para você a seguinte pergunta: quais são os canais que os meus clientes utilizam para falar com a minha empresa?
Atualmente, são muitos canais de comunicação que as pessoas utilizam. Sem muita pesquisa e já lembramos de:

  • e-mail;
  • telefone;
  • WhatsApp;
  • Telegrama;
  • redes sociais, etc.

Como são muitos canais e cada um com sua peculiaridade, o primeiro passo é definir qual é o canal oficial entre você e os seus clientes.
Para essa definição, considere o que faz mais sentido para o seu negócio.
Por exemplo:
Se o seu produto ou serviço requer uma resposta mais instantânea, o WhatsApp será o melhor o canal, já que oferecerá a possibilidade de você atender a demanda do comprador ativamente e o deixará mais satisfeito.
Na hora de escolher o seu canal oficial de contato, considere optar pelo que for mais escalável. Ou seja, o ponto de contato oficial com os seus compradores tem que ser o que você consiga atender da maneira mais eficiente.
Ah! Quando você definir o seu contato oficial para suporte, não significa que deve esquecer os outros canais.
A sugestão é monitorar todos os canais – principalmente as redes sociais – e direcionar os compradores para o canal oficial. Isso facilita a organização do seu atendimento e aumentará a qualidade.

3- Surpreenda o seu cliente

Como já sabemos, clientes insatisfeitos vão surgir.
Imaginamos que um cliente envia um e-mail para o seu suporte muito insatisfeito com o seu produto ou atendimento.
Ele alega não conseguir fazer o login no Backoffice da R&M Luxury caso ela seja um indicado e, pelo nervosismo, acaba insinuando que o conteúdo é “enganador”. É a hora de ter calma e respirar fundo.
Para essa situação, é importante e necessário ter muita cautela para decidir como responder. Para conseguir tornar esse cliente um fã da sua marca, você precisa surpreendê-lo.
Por isso, esses casos merecem uma atenção especial.
Na resposta, você precisa oferecer uma solução – um tutorial pode ajudar – e por que não oferecer algum brinde para amenizar a situação.
No caso de um produto digital, você pode oferecer algum desconto em uma próxima compra ou até algum material complementar ao que foi adquirido.
Essa é uma maneira de surpreender, concorda?
Além de solucionar o problema, você demonstra um cuidado que faz com que o comprador se sinta especial.

4- Solicite e analise os feedbacks do atendimento

Para o seu atendimento melhorar cada dia mais, você precisará de feedbacks dos seus clientes.
O retorno ao atendimento recebido pelos clientes oferecerá vários insights para otimizar a atuação do seu suporte.
Você poderá analisar, por exemplo:

  • o melhor tom para as respostas;
  • quais demandas ou problemas deixam os clientes mais insatisfeitos;
  • qual a nota geral do seu atendimento;
  • se você tem uma equipe no suporte, quais agentes se destacam.

Atualmente, a maioria dos sistemas desenvolvidos para atendimento enviam automaticamente o form de feedback. Se você ainda não utiliza algum automatizado, pode criar um formulário e enviar manualmente sempre que encerrar um atendimento.

Chegamos 250 Mil Semijoias Vendidas por mês

ESTAMOS CHEGANDO A MAIS UM FIM DE ANO, E VEJA QUE INCRÍVEL, CASO PUDESSE SENTIR O QUE TODA NOSSA EQUIPE SENTE, TODOS QUE ESTÃO DE ALGUMA FORMA ENVOLVIDOS EM NOSSO CRESCIMENTO PLENO, UMA ONDA DE SUCESSO, ALEGRIA, ÊXTASE, EUFORIA PELO FECHAMENTO DE 1/4 DE NOSSA MAIOR META ATÉ O MOMENTO, CLARO QUE ELABORAREMOS SEMPRE OUTROS DESAFIOS, ESTE SENTIMENTO QUE DEVEM TER EM MENTE, QUE MUITO MAIS AINDA ESTA POR VIR, ALGO FORA DA CURVA… É UM SENTIMENTO DE MUITA REALIZAÇÃO EM NOSSAS VIDAS, ATÉ MESMO DAQUELES QUE ESTÃO PRÓXIMOS, OU PODER SIMPLESMENTE SER AJUDADO, OU AJUDAR ALGUÉM… OS SENTIMENTOS ESTÃO SEMPRE A FLOR DA PELE, TUDO É MUITO IMPORTANTE PARA O PASSO QUE VEM A SEGUIR… VOU PARANDO POR AQUI; PARABÉNS E MAIS UMA VEZ, OBRIGADO.

Semijoias x Bijuterias: Qual a Diferença?

Muitos pessoas tem dúvidas de qual a diferença entre semijoia e bijuteria e antes de continuar é importante lembrar que R&M Luxury NÃO TRABALHA COM BIJUTERIAS, mas é imprescindível saber suas diferenças para evitar cair numa roubada.
Normalmente isso não é um problema, somente uma característica… talvez você até prefira usar uma bijuteria para ir a lugares que sejam mais perigosos ou até para comprar aquele acessório feminino da moda que é mais passageiro – você sabe que passará após o verão.
Mas lembre-se que por não ser folheada a peça oxidará mais rápido e as pedras são de plástico e normalmente coladas, nesse caso você pode correr o risco de ainda perder o brilho de suas peças.

Mas o maior problema é que para reduzirem ainda mais o preço da bijuteria, os fabricantes (principalmente chineses) tem usado insumos que além de baratos são nocivos para nossa saúde, como o cádmo e níquel. Estamos falando de produtos que podem induzir alergias e até câncer, por isso são proibidos nos Estados Unidos.
Atenção especial para crianças… muitos pais gostam de dar bijuterias baratas para as crianças e essa é a pior opção!

As Semijoias

As semijoias, por outro lado, sempre recebem banho de materiais nobres como ouro, paladium e prata, tudo para aumentar a durabilidade e reduzir problemas com sua pele. Suas pedras não são de plástico e normalmente em cristais ou zircônias.

Aqui todo o processo de fabricação é mais cuidadoso com diversas categorias de limpezas como lixas e banho eletroquímico que tornam essas peças mais lindas, resistentes e antialérgicas. A aplicação das pedras tem todo procedimento de colocação e ajuste que evita a perda delas.

Afinal, qual a diferença?

Em termos gerais as principais diferenças são o método de fabricação e os materiais que tornam as semijoias mais resistentes e belas por natureza. Exatamente por isso as semijoias costumam ter garantia enquanto as bijuterias não.

No entanto é importante ressaltar que atualmente temos que observar os padrões de mercado e entender que grande parte das bijuteriais à venda são chinesas com utilização de material de baixa qualidade e por vezes de procedência duvidosa, o que pode causar danos à sua saúde.

Na dúvida opte por semijoias de fontes seguras que ofereçam garantia e sempre desconfie de preços baixos demais… Na R&M Luxury você sempre terá qualidade e garantia, oferecemos Anéis, Brincos, Colares e Pulseiras todos com garantia e certificação de procedência… aproveite e confira nossas novidades em semijoias!

R&M Luxury Chega a 100 Mil Semijoias Entregues por mês

100 MIL SEMIJOIAS ENTREGUES A PARTIR DE AGORA PREVALECE EM VOSSOS CORAÇÕES O ESPIRITO DE VENCEDOR, POIS CHEGAMOS A MAIS UMA ETAPA, ONDE ESTAMOS SUBINDO OS DEGRAUS DO SUCESSO, SEJAMOS DONOS DE NOSSO DESTINO, GRANDES ACONTECIMENTOS ESTÃO POR VIR, GRANDES MUDANÇAS JÁ PODEM ESTAR ACONTECENDO EM SUAS VIDAS, SEJAMOS MUITO MAIS QUE A MÉDIA DOS TRABALHADORES ASSALARIADOS, MERECEMOS O MELHOR E ESTE É O CAMINHO QUE JUNTOS ESTAMOS PERCORRENDO, SOZINHO PODEMOS CHEGAR MAIS RÁPIDO, E AO TER UMA EQUIPE DO SEU LADO PARA ANDAR, CAMINHAR, ESTAR JUNTO DE VOCÊ PODE TER CERTEZA QUE IRÁ MAIS LONGE. TODO O CORPO CORPORATIVO DA R&M INVESTIMENTOS PARABENIZA A TODOS POR MAIS ESTA CONQUISTA, PORQUE DO LADO DE LÁ TEMOS UMA GRANDE EQUIPE CUIDANDO DE CADA DETALHE PARA MELHOR PODER SERVI-LOS E ORIENTÁ-LOS. SEJAMOS GRATOS HOJE E SEMPRE, A HORA É AGORA…

30 mil Semijoias Entregues por mês Pela R&M Luxury

É COM MUITA SATISFAÇÃO E ENTUSIASMO QUE CHEGAMOS AO NÚMERO DE 30 MIL SEMIJOIAS VENDIDAS, PRIMEIRO PASSO PERCORRIDO RUMO A BATER A META DE 1 MILHÃO DE JOIAS E SEMIJOIA VENDIDAS, AGRADECEMOS A TODOS QUE ACREDITARAM E CONFIARAM NESTA GRANDE EMPRESA, QUE CRESCE CONSTANTEMENTE, ESTAMOS APENAS COMEÇANDO NESTA GRANDE JORNADA COM MUITAS SURPRESAS ASSIM QUE VAMOS ALCANÇANDO OS RESULTADOS QUE FIXAMOS E PARA QUE TODOS POSSAM TRABALHAR COM TODA A SEGURANÇA E TRANQUILIDADE QUE A EMPRESA DISPUNHA PARA CADA EMPREENDEDOR E CLIENTE TEM EM SUAS MÃOS. NESTA DATA ABRE MAIS UMA GRANDE OPORTUNIDADE A TODOS QUE TEM UM DESEJO ARDENTE DE VENCER NA VIDA, ALCANÇAR O QUE MUITOS ACHAM DIFÍCIL, ENQUANTO PARA NÓS É APENAS MAIS UM DESAFIO A SER ULTRAPASSADO… PARABÉNS A TODOS E A TODAS, A HORA É AGORA… A R&M INVESTIMENTOS AGRADECE O DESEMPENHO DE TODOS, GRANDES NOVIDADES AINDA ESTÃO POR VIR…..