Semijoias Baratas Vs Semijoias Finas

É super comum vermos algumas bijuterias que se passam por semijoias ou até mesmo semijoias com preços muito acessíveis que até desconfiamos e nos perguntamos: “Será que aquela loja que estou acostumada a comprar meus acessórios está ganhando em cima de mim ou realmente existe alguma diferença que eu não estou notando?” Pois, bem! Explicaremos para vocês o porque encontramos às vezes produtos que achamos ser semelhantes com preços muito mais baixos…

Semijoias baratas Vs Semijoias finas

As semijoias mais acessíveis ou algumas preferem chamar até mesmo de semijoias “safadas”, por terem uma baixa durabilidade ou não ter uma aparência de joia costumam nos fazer brilhar os olhos, afinal, quem nunca teve aquela festa de última hora e precisou correr atrás de vestido, sapato, bolsa e no final acabou ficando sem dinheiro para investir no que arremata o look final, sim, os acessórios!

Acredito que toda mulher já deve ter passado por essa situação antes… Então vai naquela lojinha de bijuterias chinesas ou dos famosos xing ling que muitas vezes até te enganam e dizem que você está comprando uma semijoia legítima quando, na verdade, não passa de uma biju arrumadinha. Ah! Algo muito importante é comentar que MUITAS pessoas têm preconceitos com bijuterias e semijoias chinesas…

Gente, demos esse exemplo, porque sabemos que tem muita bijuteria e acessório por aí que são de baixa qualidade e não seguem as regras do cádmio, do níquel, entre outras que explicaremos mais para frente.

Mas na verdade elas não precisam ser necessariamente chinesas, acredite, tem muita porcaria que é feita no Brasil, nos Estados Unidos, na Turquia, na Tailândia e em vários outros lugares do mundo..

Portanto, abra sua cabeça, pois existe muita coisa boa na China, onde você pensa que é fabricado o Iphone? Lá existe peças de altíssima qualidade, mas infelizmente devido a alguns fornecedores, todos acabam pagando o famoso “pato”. Inclusive a China é conhecida por ser um dos países mais especializados nas cravações e micro cravações… É difícil vermos alguns fornecedores de fora cravarem tão bem zircônias como os chineses! Mas esse será de repente um assunto para um próximo post!

Voltando ao tópico inicial… Listaremos aqui algumas informações que acreditamos serem bastante relevantes na diferenciação entre essas duas categorias de semijoias.

Banho

Preste atenção, pois às vezes você pode estar sendo enganada acreditando que está comprando uma coisa, mas, na verdade, está comprando outra. Antigamente a maioria das bijuterias não era banhada, hoje em dia é cada vez mais comum as mesmas serem banhadas, portanto, o banho já não é mais um parâmetro de diferenciação!

A diferença pode estar na camada de milésimos, pois quanto maior a quantidade de milésimos de banho que a peça tiver, teoricamente, maior durabilidade ela terá… Mas… Por que escrevemos teoricamente?

Você que Busca Semijoias de Qualidade no consignado

Falamos isso, por que muitas pessoas acham que por estarem comprando semijóias (seja ela de luxo, fina, de qualidade ou qualquer outra coisa que você quiser chamar) ela poderá raspar a peça em superfícies, tomar banho com a peça, passar perfume, desodorante, tintura e tudo mais que der na telha que a peça ficará intacta!

Não, até porque as semijoias não são fabricadas em metal nobre, mas sim em metal comum. Se quiser mais informações para conservar sua semijoia por mais tempo, veja nosso informativo.

Então, o ideal é comprar sempre semijoias que tenham mais milésimos de banho. Mas, como saber? Infelizmente isso só é possível através de um teste realizado em laboratório. Já vimos inúmeros fornecedores afirmarem vender semijoias com 10 milésimos de camada quando, na verdade, não passava de no máximo 2 milésimos.

Então o ideal é arriscar e verificar o quanto tempo o banho da sua joia durou. Se você não utilizou nenhum produto químico ou nada que tenha danificado sua peça, as empresas de atacado o ideal é o banho durar de 6 meses a 12 meses, R&M LUXURY o banho pode durar  2 anos, depende do uso também. As bijuterias e semijoias baratas tendem a descascar em prazo de tempo menor.

Material do metal

Dificilmente uma semijoia de alta qualidade terá presença de metais pesados ou metais que possam prejudicar a sua saúde. Na maioria dos casos, quando a peça for muito barata, desconfie…

As semijoias finas são aquelas que não possuem níquel algum em sua composição. Isso o seu fornecedor deverá conseguir responder, pois, inclusive é proibido produzir ou importar peças que tenham níquel em sua composição, mas sabemos que infelizmente alguns fornecedores ainda continuam arriscando a saúde de seus clientes e colocando níquel nas peças.

Outra mudança recente foi a porcentagem de cádmio e chumbo estabelecido pelo INMETRO. O documento divulgado proíbe a comercialização de bijuterias e semijoias com “concentrações de cádmio e chumbo iguais ou superiores respectivamente, em peso, a 0,01% e 0,03%, do metal presente no produto individualmente considerado”.

Em geral, essas substâncias nocivas ainda são utilizadas por serem itens que barateiam o custo de produção, portanto, é aquela famosa frase: “O barato sai caro”. Por isso sempre desconfie se a sua semijoia for muito barata em relação às demais do mercado.
Não deixe de ler sobre a Diferença das Semijoias com as Bijuterias.

Pedras

Outro fator incrivelmente relevante são as pedras x zircônias. Muitos vendedores utilizam-se do artifício de enganar os seus consumidores e clientes! As semijoias finas SEMPRE devem ser feitas de zircônias!

As peças mais baratas muitas vezes são cristais ou strass e isso modifica completamente a aparência da peça, pois dá um “ar” de bijuteria ou de um acessório mais barato para a peça.

Quer ter uma semijoia com cara de joia? Aposte nas finas e de luxo! Todas são elaboradas com as famosas CZs que são as zircônias cúbicas, pedras reproduzidas artificialmente e que se assemelham em diamantes, impecáveis na aparência, onde podem ser adicionadas cores para simular outras pedras preciosas, recebendo daí o nome de pedra simulada.

Além disso, as semijoias de luxo costumam ter zircônias de qualidade AAA, AAAA e AAAAA, semelhante a uma classificação de hotel 5 estrelas mesmo.

Sendo que a zircônia A e AA são as zircônias de qualidade bem inferior e devem ser evitadas, pois, não tem tanto brilho e nem muita qualidade. Sua durabilidade também não é a mesma de uma zircônia que tem uma classificação de 3A’s a 5A’s. A zircônia 5A’s é a classificação máxima que uma zircônia pode ter e seu grau de qualidade, durabilidade e de brilho são muito maiores. As zircônias de maior qualidade são mais caras por isso acabam encarecendo também a peça.

Para se ter uma noção, enquanto um diamante tem uma durabilidade 10 na Escala de Moh, a zircônia AAAAA tem uma durabilidade de 8,5. Já as de qualidade inferior são abaixo de 5, 6 na escala.

Brilho

O brilho de semijoias de alto nível são bastante diferentes das baratas, isso por que, além do fato da classificação da zircônia que comentamos acima ser um fator de muita relevância, o tamanho também acaba influenciando, pois, uma micro zircônia, por exemplo, tem maior brilho devido ao impacto da zircônia na luz tornar-se ainda maior.

As micro zircônias são mais difíceis de serem cravadas na peça, por isso o preço das peças em micro zircônias acabam se tornando um pouco mais alto. Veja nossos conjuntos de brincos e colares com micro zircônias.

Reparem no brilho e aparência de joia de nossas peças elaboradas em micro zircônias negras em nosso vídeo demonstrativo abaixo.

Semijoias com qualidade Impecável

Qualidade e acabamento

Por fim, a qualidade e o acabamento de seus acessórios são diferentes também nos dois casos. As semijoias baratas não possuem um acabamento tão bom internamente, algumas peças apresentam relevos ou restos de metais deixando um visual muito feio quando olhado de outro ângulo. Já as semijoias finas possuem um ótimo acabamento interno.

A durabilidade e qualidade de seus acessórios também são diferentes nesses dois casos. As peças mais baratas acabam tendo uma durabilidade muito menor do que as semijoias finas que se bem conservadas e sempre armazenadas em porta joia podem durar por muito tempo!

Por isso, por mais que o preço seja um pouco elevado entre semijoias comuns e semijoias finas, tente sempre investir em acessórios de qualidade e que possuem um melhor acabamento, melhor banho, melhor cravação e tenham aspecto de joias de verdade. E esperamos tê-las ajudado a identificar e diferenciar semijoias de qualidade das demais! 😉